TP: Vila Real 2 – 2 Amarante* (2-3 após prolongamento)

0
318

DSC_0238 CroppedEm jogo de Taça, a equipa alvinegra recebeu o vizinho Amarante, num jogo emotivo, onde o resultado foi uma incerteza até ao fim.

A equipa visitante entrou melhor na partida. Logo aos 2 minutos da partida, boa jogada de Rui Sampaio na direita a fletir para dentro e sem preparação rematou forte, mas ao lado da baliza de Rui Riça.

Aos 19 minutos, cruzamento tenso na direita, Tiago André a encher o pé e a acertar com estrondo no poste esquerdo de Riça, perdendo-se uma excelente oportunidade.
Por sua vez, os alvinegros respondem por intermédio de Orlando.

O paraguaio a sair rápido para o ataque ultrapassando em velocidade dois adversários, mas já perto da baliza serviu na perfeição Francisco, mas este, rematou fraco para defesa fácil de Fonseca.

Perto da meia hora de jogo, a equipa da casa vai chegar a vantagem. Djo Djo, muito rápido na esquerda a ganhar bem a linha, e com um toque subtil, a servir Orlando que só teve de encostar para o primeiro golo dos alvinegros.

Em vantagem no marcador, o Vila Real serenou o seu jogo, e volvidos cinco minutos, voltou a causar estragos na defesa visitante. Orlando, a ganhar bem o duelo com o opositor, e com um toque subtil serviu na perfeição Miguel Pereira para o segundo golo dos alvinegros.

Em cima do intervalo, Miguelito de livre causou algum perigo, valeu a excelente estirada de Riça aliviando o esférico.

No segundo tempo, voltaram a entrar melhor os amarantinos, com Tiago André a rematar forte para defesa de instinto do guardião alvinegro.

Ao minuto 60, Cesinha a ganhar espaço e a rematar ao poste da baliza de Riça. Mas o golo adivinhava-se, surgindo cinco minutos depois. Na sequência de um canto, César mais alto que toda a defesa, a marcar de cabeça o tento dos forasteiros.

Com o golo, os visitantes animaram, e Horácio voltou a estar perto do golo, mas a bola a sair ao lado da baliza.

Rui Herculano de livre, ainda assustou, mas o esférico acabou por sair algo por cima.
Quando, já se esperava o apito final na partida. E já no final dos quatro minutos de compensação, o Amarante vai chegar ao empate. Tiago André a aproveitar o ressalto de bola, e num movimento acrobático levou o jogo para prolongamento.

Em tempo de prolongamento, a equipa do Amarante acabou por ser mais forte, acabando por carimbar a passagem à próxima eliminatória, através do central Dani, decorria o minuto 112
Após prolongamento – 2-3

Jogo disputado no Estádio Monte da Forca – Vila Real

Árbitro: João Sousa ( AF Bragança)

Auxiliares: Hugo Santos e Ivo Melo

SC Vila Real: Rui Riça, Telmo, Fred Coelho, Miguel Mendes, Rui Herculano, Mica, Francisco, João Ornelas (Caleb 60´), Miguel Pereira (Daniel 69´), Orlando Mareco e Djo Djo (Ivan Reis 76´).

Treinador: Paulo Cadete

Amarante FC : Fonseca, Dani, César, Tiago Silva(Horácio 46´),Piquet, Césinha, Miguel, Cláudio(Moreira 88´),Ká, Tiago André e Rui Sampaio

Treinador: Pedro Pinto

Ao intervalo: 2-0

Marcadores: 1-0 Orlando 33´; 2-0 Miguel Pereira (38´); 2-1 César(65´)2-2 Tiago André (90+3); 2-3 Dani (110´)

Cartões Amarelos: Tiago Silva(44´); César(57´); Caleb (69´)Césinha(87´);Tiago André (88´)

Deixar comentário

Comentário