Taça_portugalA equipa flaviense teve muitas dificuldades em levar de vencida a formação da União Leiria. Os pupilos de Vítor Oliveira, tiveram de esperar até a marcação das grandes penalidades (3-4), para comemorar a passagem à III eliminatória da Taça de Portugal .

O encontro apresentou duas partes completamente distintas. Nos primeiros quarenta e cinco minutos a União de Leiria testou por várias vezes os reflexos do Paulo Ribeiro que neste primeiro período se comportou como a melhor unidade dos flavienses.

Na etapa complementar e fruto das alterações que Vitor Oliveira efectou na sua equipa o GD Chaves evidenciou outro ímpeto ofensivo e procurou alvejar a baliza adversaria. Porém, a igualdade manteve-se. No prolongamento ambas as equipas tudo fizeram para obterem o golo da vitória, mas pecaram no momento da finalização. Foi necessário recorrer às grandes penalidades para o vencedor ser encontrado, e nesse capitulo o GD Chaves mostrou-se mais eficaz vencendo por (3-4), com o guarda-redes Paulo Ribeiro a defender dois penaltys.

 

 

Deixar comentário

Comentário