Taça AFVR: Vila Real 1-0 Mondinense

0
145

Vitória por margem mínima

A equipa do Vila Real, recebeu e venceu o Mondinense, caminhando tranquilamente para as meias finais da competição. 

Num jogo onde as condições climatéricas não deram tréguas aos atletas, fazendo-se sentir a chuva e o muito nevoeiro. Começou melhor a equipa da casa, com Leandro a ganhar bem o esférico ao seu opositor, mas o remate sem preparação a sair ao lado da baliza de César.

Aos 22 minutos, Zé Diogo a subir bem pelo flanco a cruzar tenso para o 2ºposte, onde aparece Paulinho, mas o remate do médio a sair fraco, com César a segurar.

Por sua vez, a equipa do Mondinense, com uma estrutura bastante sólida, aos poucos foi subindo as suas linhas no terreno de jogo. Andrézinho teve perto do golo ao minuto 27. Depois de ganhar bem a posição, o médio a rematar muito forte e cruzado, com a bola a passar a centímetros da baliza de Néne.

Até ao intervalo, a equipa da casa foi sempre mais perigosa no último terço do terreno, mas não conseguiu traduzir essa vantagem no marcador.

No segundo tempo, as equipas voltaram novamente com vontade de mudar o empate no marcador. Com um jogo rápido de ambas as formações, as ocasiões de golo foram surgindo, e aos 52 minutos, a equipa da casa vai mesmo marcar. Jogada coletiva na direita do ataque, Carreira com um toque subtil a servir Rui, com este a remate forte, não dando qualquer hipótese de defesa ao guardião contrário.

Em desvantagem no marcador, a equipa do Mondinense volta a carregar no acelerador, com Vítor Pereira a fazer entrar Christophe para o ataque. E foi mesmo o atacante que iniciou a jogar com mais perigo para os forasteiros. Atrapalhação total da defesa alvi-negra, muita gente a escorregar, valeu Peixoto para aliviar o esférico, quando aparecia Miguel para finalizar.

Aos 74´ Zé Diogo a ter nova oportunidade, aparecendo bem enquadrado com a baliza contrária, mas a definir mal o lance, chutando em jeito, quando se pedia um remate em força.

Ao minuto 82´, Christophe vai ver o segundo amarelo e consequente expulsão, colocando a sua equipa em desvantagem numérica. Mesmo assim a equipa forasteira, nunca desistiu de procurar o golo do empate, embora a equipa da casa sempre arriscando muito foi controlando as incidências da partida como lhe competia. Ainda antes do apito final, a formação que viajou de Mondim vai ficar reduzida a 9 elementos, com Andrézinho a ver também ele o segundo cartão amarelo.

Com esta vitória a equipa alvi-negra segue para as meias finais da competição.

José Carlos Leitão

 

Ficha Técnica:

Estádio: Monte da Forca – Vila Real

Árbitro: Pedro Mesquita

Auxiliares:Marco Gomes e Fernando Carvalho

SC Vila Real: Néne, Carreira, Fred, Peixoto, Zé Diogo, Francis, Castanha, Shuster(Tiago 82´), Paulinho(Eduardo 62´), Rui e Leandro(Miguel 75´).

Técnico: Abel Ferreira

Mondinense: César, Pimentel, Vila Chã, Zé Pedro, Ricardo, Henrique(Plácido 78´), Andrézinho, Dany, Hippy(Christophe 60´), Miguel e Saroto(Cláudio 70´).

Técnico: Vítor Pereira

Amarelos: Cristophe(77´e 82´) Ricardo(79´),Miguel (86´)Andrézinho(64´e 94´)

Vermelho: Christophe(82´) e Andrézinho (94´)

Marcadores: Rui (52´)

 

Deixar comentário

Comentário