Taça AFVR: Berta Tavares faz história na arbitragem nacional

1
722

Berta Tavares arbitrou a final da Taça da AF Vila Real, tornando-se na primeira mulher a dirigir uma final de uma competição sénior masculina.
bertaNo último domingo (3 de maio), Berta Tavares fez história na arbitragem nacional ao tornar-se na primeira mulher a arbitrar uma final de uma competição sénior masculina.

O Estádio do Monte da Forca, em Vila Real, foi o palco do encontro entre CDC Montalegre e o SC Régua da Final da Taça da Associação de Futebol de Vila Real, dirigido pela árbitra de 40 anos.

Berta Maria Correia Tavares Teixeira nasceu a 4 de julho de 1974 e iniciou a sua carreira na arbitragem em 1994, tornando-se, em 2004, a primeira árbitra portuguesa a receber as insígnias que lhe permitiram dirigir jogos internacionais. Presente em três finais da Taça de Portugal Feminina – em 2006 e em 2013, como árbitra, e em 2007, como quarta árbitra –, a árbitra da Associação de Futebol de Vila Real.

O Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol felicitou toda a equipa de arbitragem – composta ainda por Bruno Trindade, Sérgio Jesus (árbitros assistentes) e Iancu Vasilica (quarto árbitro) -, assim como o Conselho de Arbitragem da AF Vila Real pela coragem e estímulo dado a todas as mulheres que diariamente se dedicam à nobre causa da arbitragem.

Deixar comentário

Comentário

1 comentário

  1. fez…fez… uma tal história. só 3 perguntas pra deixar no ar. porque não arbitrou o melhor? porquê uma pessoa da regua? e porquê ela? é amiga ou familiar de alguém… ou foi pra ficar bonito… ah e tal uma senhora. fica sempre bem… è só show off… é mais fácil marcar contra os conhecidos do que os de longe. nunca poderia ter sido uma senhora e ainda mais da régua . Pensem… não gozem com uma instituição que já vos deu alguma coisa. MAIS DO MESMO.

Comments are closed.