A seleção nacional de futsal do clero sagrou-se na quinta-feira na Eslováquia campeã europeia, após vencer na final a seleção polaca por 2-1. A formação orientada pelo padre Manuel Fernando revalida assim o título, depois de no ano passado já ter conquistado a “Clericus Cup”, na Áustria.

“Diante de uma seleção polaca muito forte, técnica e fisicamente, a seleção portuguesa venceu por 2-1, seguindo o seu princípio de jogo focado na posse de bola e no rigor tático”, refere a equipa nacional, num comunicado enviado à agência Lusa.

O guarda-redes da seleção, a representar a Diocese de Vila Real, é o padre Marco Amaro, pároco em Vila Pouca de Aguiar, mais concretamente nas paróquias de Vreia de Bornes, Bragado, Capeludos de Aguiar e Valoura. Também Ivo Coelho, pároco em Argeriz, Friões, Santiago da Ribeira de Alhariz e Serapicos e Carlos Rubens, padre nas paróquias de Cabril, Covelo do Gerês, Ferral e Venda Nova estão no lote dos vencedores.

Na fase de grupos, Portugal venceu a Itália e a Ucrânia por 2-0 em ambos os jogos. Nos quartos-de-final bateu a Bielorrússia por 5-0 e nas meias-finais a Bósnia por 2-0.

A equipa deste ano incluía 12 padres jogadores, de cinco dioceses Vila Real (Marco Amaro, Carlos Rubens e Ivo Coelho); Porto (José Ricardo); Lamego (Amadeu Castro); Viana do Castelo (António Cunha, Custódio Branco e Jorge Agostinho) e Braga (Marco Gil, Paulo Sá, Nuno Vilas Boas e José Miguel).

O treinador é o padre Manuel Fernando, da Diocese do Porto, e o fisioterapeuta João Oliveira é da Póvoa de Lanhoso.

“A comitiva dos padres portugueses agradece a todos os mecenas que possibilitaram a sua participação”, acrescenta a equipa.

Deixar comentário

Comentário