Natação: GCVR obtêm dois recordes nacionais

0
152

As atletas Ana Sofia Leite e Joana Pinto competiram no I Meeting Internacional do Algarve ao serviço da Selecção Nacional Absoluta, competição realizada em Vila Real de Santo António nos dias 8 e 9 de Novembro. As atletas do GCVR exibiram-se em excelente plano obtendo dois Recordes Nacionais de Selecção Nacional Absoluto e Sénior nas provas de 4×100 Livres e 4×100 Estilos. A registar ainda a obtenção de oito medalhas e a participação em nove finais A.
Ana Sofia Leite e Joana Pinto fizeram parte da estafeta feminina de 4×100 metros Estilos que venceu a prova e bateu o Recorde Nacional de Selecção Sénior e Absoluta com o tempo de 4.11.54, repetindo a façanha na estafeta de 4×100 metros Livres com o tempo de 3.52.90 realizando um grande feito para a Natação portuguesa.
A nível individual, Ana Sofia Leite conquistou ainda mais quatro medalhas exibindo-se em grande plano nesta competição. Na prova de 50 Costas, a nadadora do GCVR venceu a eliminatória com o recorde pessoal de 29.35, tempo que esse que iria voltar a melhorar quando venceu a final da prova com o registo de 28.68, que a deixou a apenas duas décimas de segundo do recorde nacional Absoluto. Ana Leite vence ainda as provas de 50 Livres e 100 Livres com os tempos de 25.97 e 55.87 respectivamente, obtendo dois novos recordes pessoais nestas provas. Na prova de 100 Costas, Ana Leite registou mais dois recordes pessoais. Primeiro nas eliminatórias onde foi 2ª classificada com o tempo de 1.02.39 e depois na final onde voltou a ficar no segundo lugar com novo recorde pessoal de 1.01.42 e que a deixa a seis décimas do recorde nacional Absoluto.
Joana Pinto também se apresentou em grande nivel conquistando duas medalhas, primeiro na prova de 50 Livres onde foi 2ª classificada com o tempo de 26.66 e depois na prova de 100 Livres onde foi 3ª classificada com o tempo de 58.14. Por fim, na prova de 50 Bruços a atleta do GCVR foi 4ª classificada com o tempo de 33.99 ficando à porta do pódio.
As nadadoras do GCVR têm desenvolvido um excelente trabalho no seio do clube e que lhes permite actualmente estar entre as melhores da modalidade, o que motivou esta convocatória. A obtenção de recordes nacionais e marcas de grande destaque é por isso um enorme motivo de orgulho para o clube e para a cidade, sendo de esperar mais resultados de destaque destas e dos restantes atletas do GCVR.

Deixar comentário

Comentário