MX1: Rui Gonçalves discreto em Itália

0
266

A quarta etapa do Mundial de Motocross de Motocross teve lugar este fim-de-semana em Arco di Trento (Itália) marcando o regresso da caravana do Mundial ao continente Europeu. Serão doze as etapas disputadas na Europa enquanto que a etapa final terá lugar em Leon no México no próximo mês de Setembro.

Rui Gonçalves estava bastante motivado para este regresso à Europa depois das excelentes provas dadas no GP do Brasil onde foi 6º classificado. Neste interregno o piloto do Team Bike It Cosworth Yamaha ainda teve oportunidade de se deslocar a Portugal onde disputou a segunda etapa do Nacional de Motocross na Marinha das Ondas.

O “Crossódromo Ciclamino” situado na província de Trentino é conhecido pelo seu belo cenário paisagístico mas também pelo piso duro, compacto e muito traiçoeiro.
Durante o dia de sábado Rui Gonçalves tentou encontrar as melhores afinações possíveis para a sua moto por forma a encarar as mangas de domingo com mais confiança, todavia o 22º posto alcançado na manga de qualificação revelava as dificuldades sentidas por Rui Gonçalves no traçado Transalpino.

Na primeira manga o piloto luso conseguia sair muito bem da grelha chegando mesmo a circular durante algumas voltas dentro do grupo dos dez mais rápidos. Mas á medida que a corrida se foi desenrolando e as condições do circuito se foram deteriorando, tornou-se cada vez mais difícil aguentar o ritmo e Rui Gonçalves era obrigado a diminuir o andamento de forma drástica vindo a terminar num inexpressivo 18º lugar.

Com as condições do circuito cada vez mais complicadas Gonçalves conjuntamente com a sua equipa efetuavam algumas mudanças termos de afinações na Yamaha do piloto luso que se revelaram acertadas e que permitiram aumentar ligeiramente o ritmo na segunda manga e, na qual, Rui Gonçalves seria o 13º classificado.

Deixar comentário

Comentário