No encontro da 31ª jornada da Liga Nos, o Grupo Desportivo de Chaves acabou derrotado em casa perante o FC Porto por (0-2). Numa primeira parte algo irregular das duas equipas as oportunidades de golo foram escassas. Contudo, registo para três situações onde os transmontanos poderiam ter aberto o activo por intermédio de Fábio Martins por duas ocasiões e Perdigão também esteve perto de fazer o gosto ao pé.

Todavia, na segunda parte do desafio o Porto foi dono e senhor do jogo, com mais posse de bola e jogadas de envolvimento ofensivo. O Chaves esteve abaixo das expectativas, e não rubricou uma boa exibição, longe disso. Houve vários erros defensivos por parte da turma transmontana, e notou-se em alguns períodos do jogo uma quebra física nos jogadores flavienses.

Os azuis e brancos chegaram ao primeiro golo através de Soares, e ao segundo com uma finalização de qualidade de André André (melhor em campo).

Na equipa do Chaves, destacaram-se pela positiva, Carlos Ponck uma autentica “muralha” na zona defensiva da equipa, bem como Bressan que tentou em muitos casos remar sozinho contra a maré.

Já Nelson Lenho, Pedro Tibia, e Rafael Lopes, foram os jogadores em menor destaque na formação transmontana com muitas bolas perdidas e falta de intensidade na disputa de lances.

Com esta derrota, o GD Chaves foi ultrapassado na tabela classificativa pelo Boavista e actualmente, os transmontanos estão situados no 9º onde tem 37 pontos alcançados.

Deixar comentário

Comentário