Liga 2 cabovisão: Erro de arbitragem dita derrota do Chaves

0
97
Kuca autor do golo flaviense

Benfica B 2-1 Chaves

O Chaves perdeu este sábado,frente ao Benfica B por 2-1, em encontro disputado na Caixa Futebol Campus, no Seixal, relativo à 36.ª jornada da Liga 2, num jogo que fica marcado por um erro de arbitragem.

Aos 45+4 minutos, o juiz de Aveiro Jorge Tavares assinalou mal uma grande penalidade, ao considerar que o guarda-redes Nuno Dias teria derrubado, dentro da área, Ivan Cavaleiro, situação que não aconteceu e que deixou os “valentes transmontanos” reduzidos a 10 elementos, para além de ter propocionado o golo da igualdade aos encarnados, já que os flavienses se encontravam-se em vantagem desde o minuto 25 , altura em que Kuca inaugurou o marcador. Dois erros num só jogada que condicionou a equipa de Quim Machado para o resto da partida.

Na etapa complementar e com a sua equipa reduzida a 10 elementos, Quim Machado fez Ricardo Rocha, para o lugar de Luís Carlos, mas seria o Benfica a chegar novamente ao golo. Em jogada de contra-ataque, Hélder Cabral, aos 59 minutos, colocou os encarnados a vencer.

O Chaves ainda tentou responder, mas as iniciativas atacantes não surgiram efeito, perante um Benfica que se limitou a gerir a vantagem.

 

Jogo no Caixa Futebol Campus, no Seixal

Árbitro: Jorge Tavares (Aveiro)

Ao intervalo: 1-1

Marcadores:
0-1, Kuca, 26′
1-1, Ivan Cavaleiro, g.p. 45’+7
2-1, Hélder Costa, 59′

Equipas:

Benfica: Bruno Varela, João Cancelo, Fábio Cardoso, Victor Lindelof, Bruno Gaspar, Rúben Pinto, Carlos Martins (Filip Markovic, 88′), Hélder Costa (João Teixeira, 63′), Bernardo Silva, Ivan Cavaleiro e Funes Mori (Lolo, 91`)

Treinador: Hélder Cristóvão
GD Chaves: Nuno Dias, João Góis, Lamine Ba, Miguel Ângelo (Paulo Ribeiro, 45’+6), Nélson, João Fernandes, Sérgio Organista, Luís Carlos (Ricardo Rocha, 46′), Kuca, Luís Pinto (Pierre Sagná, 80′) e Barry

Treinador: Quim Machado

Ação disciplinar: cartão amarelo para Barry (32), João Góis (61), Rúben Pinto (73), Bruno Varela (82), Ricardo Rocha (82), Victor Lindelof (87) e Filip Markovic (89).

Cartão vermelho direto para Nuno Dias (45+4)

Deixar comentário

Comentário