GCVR conquista 4º lugar no Nacional de Clubes

0
184

O Ginásio Clube Vila Real fez história no desporto vila-realense ao participar com a equipa feminina no Campeonato Nacional de Clubes da 1ª Divisão, competição na qual apenas figuram as melhores oito equipas nacionais, obtendo um excelente quarto lugar. A equipa feminina do GCVR fez a estreia na 1ª Divisão de Clubes após conquistarem o título de Campeãs Nacionais da 2ª Divisão na época passada e realizou uma competição de elevado nível apenas suplantada por FC Porto, Algés e Sporting CP, clubes históricos na Natação portuguesa e com os quais o GCVR ombreou orgulhosamente. O GCVR esteve representado por sete atletas – Ana Margarida Guedes, Ana Sofia Leite, Ana Sofia Nóbrega, Catarina Nóbrega, Inês Cruz, Joana Pinto e Margarida Fernandes – que estiveram em excelente plano durante toda a competição registando um total de 86 pontos, três primeiros lugares e quatro segundos lugares.

A nível individual, a registar:

  • Ana Sofia Leite: 1ª nos 50 metros Costas com 29.56, 1ª nos 100 metros Livres com 56.58 e 2ª nos 100 metros Costas com 1.04.01;
  • Joana Pinto: 1ª nos 50 metros Livres com 26.70, 2ª nos 50 metros Bruços com 33.59 e 5ª nos 100 metros Bruços com 1.15.70;
  • Ana Margarida Guedes: 2ª nos 50 Mariposa com 28.51, 6ª aos 200 Estilos com 2.34.18 e 6ª aos 200 Costas com 2.28.47;
  • Ana Sofia Nóbrega: 5ª aos 100 Mariposa com 1.05.53, 6ª aos 200 Livres com 2.11.06 e 8ª nos 400 Livres com 4.50.54;
  • Margarida Fernandes: 7ª aos 200 Mariposa com 2.44.31 e 8ª nos 400 metros Estilos;
  • Catarina Nóbrega: 8ª nos 800 Livres com 10.42.53;
  • Inês Cruz: 8ª nos 200 Bruços com 3.07.79.

A nível colectivo, as nadadoras do GCVR continuaram a lutar lado a lado com os primeiros classificados ao conquistar o 2º lugar na estafeta de 4×100 Livres com o tempo de 3.56.09, e depois o quinto lugar nas estafetas de 4×100 Estilos e 4×200 metros Livres, com os tempos de 4.34.50 e 8.57.54, respectivamente.

Esta competição permitiu ao GCVR atingir um novo marco na Natação e no desporto vila-realense que só foi possível devido ao trabalho e dedicação do técnico João Matos e dos seus atletas, colocando definitivamente o clube como uma referência nacional ao nível da Natação, da formação de nadadores e do alcance de elevados níveis competitivos, apesar das diminutas condições de treino. A todos os pais, familiares, amigos, patrocinadores e apoiantes, um muito obrigado por tornarem este momento possível aos nossos atletas.

gcvr

Deixar comentário

Comentário