Futsal: Antevisão 16ª jornada da 3ª Divisão (A)

0
221

Antevisão à jornada por Fernando Parente

 

 

 

GD Macedense x Ervededo Futsal

Dérbi transmontano onde a equipa forasteira irá querer assumir as rédeas do jogo, irá querer dominá-lo, de modo a manter a posição cimeira na tabela classificativa e cimentar o seu modelo de jogo. Espera-se do seu adversário uma resposta à altura, não só pelo fato de jogar em casa perante o 1º classificado, o que acarreta nos jogadores de Macedo de Cavaleiros uma motivação extra, mas também pela urgência de uma vitória, de modo a não ficar com as contas ainda mais complicadas. Na equipa do Ervededo saúda-se o regresso da Fisgas e Tiago Guedes, que não puderam dar o seu contributo na jornada anterior, ao invés, a equipa de Rui Costa conta com menos duas peças influentes na sua manobra ofensiva e defensiva, pois nas últimas semanas viu sair Pipoca para os Pioneiros de Bragança e, por motivos de lesão, ficou sem o Guarda-Redes Coco até final da temporada.

 

Carrazedo de Montenegro x Mogadouro

Mais um dérbi transmontano que nos apresenta duas equipas em distintos momentos de forma. Se a equipa de Carrazedo de Montenegro surpreendeu na primeira volta ao conseguir um empate a 5 bolas no reduto do Mogadouro e seguia numa fase ascendente no campeonato, sendo na altura uma agradável surpresa, neste momento a equipa da capital da castanha passa por um momento menos bom nesta série, pois já vai na 6ª derrota consecutiva (contando com a Taça de Portugal), viu uma das suas referências ofensivas (Miguel Januário), estar fora de combate durante 4 jogos e vêem-se na necessidade de pontuar para retomar as esperanças de entrar nas contas da decisão, uma vez que a FPF ainda nada decidiu sobre o jogo que a Casa do Benfica de Vila Pouca de Aguiar decidiu abandonar na altura da visita a este mesmo Carrazedo. Do lado dos mogadourenses, nota-se uma evolução gradual nos processos de jogo (defensivo e ofensivo), sendo neste momento uma equipa com uma identidade própria, que procura a sua redenção neste ano de transição.

 

Desp. Aves x CB Vila Pouca Aguiar

Equipas separadas por um ponto na tabela classificativa, que vêm de uma derrota significativa e, que procuram retomar o rumo das vitórias para poder estar mais perto do objetivo. Sendo claro que irá caber ao Desportivo das Aves o assumir do jogo pelo fator casa, resta também a esta equipa estar precavida para uma CB Vila Pouca de Aguiar calculista. A CB VPA vem duma derrota caseira pesada e não irá querer entrar aqui numa espiral de resultados menos bons que a podem transportar para lugares não desejados. Do lado oposto, os Avenses, que também vêm duma derrota pesada no reduto do CDC Priscos, irão querer demonstrar perante os seus adeptos que essa mesma derrota se tratou apenas de um percalço.

 

Caxinas x Arsenal Parada

Equipas em excelente momento de forma, o qual se traduz num 2º e num 5º lugar, separadas apenas por três pontos. Se na primeira volta, a equipa do Caxinas surpreendeu pela vitória conseguida na Maia por 5 bolas a 2, acredito que este jogo tenha um cariz totalmente diferente do da 3ª jornada. Por várias razões: pelos índices de motivação que acarreta um jogo destes, principalmente num ano de transição e reajustamento organizativo, pela simplicidade dos processos de jogo, quer numa, quer na outra equipa, pela evolução que as duas têm tido ao longo deste campeonato, que tem sido enorme, basta atentar aos resultados no Campeonato e Taça de Portugal e, pela mestria com que as mesmas são conduzidas. Posso mesmo adiantar que para mim, na minha opinião pessoal, que se trata do jogo da jornada e que será um jogo de aposta tripla.

 

Lavradas x Contacto Futsal

Este será um jogo entre duas equipas que se conhecem do campeonato anterior, que na primeira volta deu vitória para a equipa de Ponte da Barca, perante o início desastroso no campeonato da equipa de Cabeceiras de Basto, mas que neste momento os papéis das duas equipas se podem inverter. A Contacto retomou o trilho das vitórias após troca de treinador, enquanto a equipa do Lavradas passa por um momento menos bom, surgindo com duas derrotas consecutivas nos últimos dois jogos do campeonato. A jogar em casa, a equipa do Lavradas irá querer redimir-se desta fase menos conseguida, tentando contrariar a subida de forma dos cabeceirenses.

 

CDC Priscos x Neiva

Será certamente um jogo sem história, onde a equipa de Braga irá querer golear e assumir o estatuto de candidato à subida neste ano de transição. Sendo certo que, da parte da equipa de Ponte de Lima, a capacidade de motivar e trabalhar uma equipa que leva 14 derrotas em 15 jogos se torna um caso meramente difícil, há que não desistir e fazer das fraquezas força para sair sempre de cabeça erguida e de consciência tranquila após os jogos. Será um jogo de sentido único, mas também será com certeza um jogo em que a equipa que neste momento está situada no lugar onde ninguém gosta de estar (último), que pode evoluir no seu processo defensivo, tendo em conta já uma preparação da realidade que possivelmente irão encontrar na próxima época desportiva.

 

Vermoim x GR Covense

O rei dos empates a receber em sua casa uma equipa estável na tabela classificativa, que está apenas a três pontos dos lugares de subida. Se do lado dos forasteiros é necessária uma vitória para não se atrasarem nessa luta incessante pelos primeiros três lugares da tabela classificativa desta série, para os da casa mais importante a vitória se torna de modo a não ficarem um pouco mais arredados dessa mesma luta. Ambas têm condições e qualidade para tornear o resultado da primeira volta, que deu num empate a duas bolas.

Deixar comentário

Comentário