Divisão Honra AFVR: Análise à jornada

3
180

Div HonraMondinense mantém a “chama acesa” na luta pelo título

Na 17ª jornada da Divisão de  Honra, foram obtidos 24 golos, sendo que a equipa mais concretizadora foi efectivamente o Montalegre que goleou o seu oponente.

Contudo, no encontro de maior destaque da jornada, o Mondinense foi vencer ao reduto do Régua (1-2).  Numa partida onde os comandados de Vítor Pereira acabaram apenas com nove elementos dentro do terreno do jogo, dado que Miguel e Saroto viram o cartão vermelho. Porém, o golo de “honra” do Régua foi alcançado já em período de compensação por Márcio. Com este resultado positivo a formação de Mondim de Basto mantém a perseguição ao líder da prova, estando neste momento apenas a dois pontos.

O Montalegre a jogar em capa perante o seu público brindou os seus espectadores com uma goleada expressiva diante do Sabroso (6-0). Uma partida que ficou marcada pelos três golos apontados por Badará, que foi nitidamente a figura do encontro. Por seu turno, o Sabroso continua a evidenciar muitas dificuldades para ombrear com as formações do topo da tabela classificativa.

Já o Abambres também venceu nesta ronda, os comandados de Jorge Almeida derrubaram no D. Maria de Lurdes do Amaral, a turma do Vila Pouca (3-2). O encontro foi bem disputado, com ambas as equipas sempre na procura da vitória, mas uma tarde menos inspirada do guarda-redes Hugo impossibilitou a conquista de pontos à turma aguiarense.

Quem também voltou aos triunfos foi a formação do Atei.  A equipa de Mário Hélder venceu no Campo do Pombal o Mesão Frio (3-2). Num jogo, muito dinâmico os três pontos ficaram em casa e fizeram com que o Atei ultrapassasse o seu adversário na geral classificativa.

Todavia, uma das surpresas da jornada ocorreu em Ribeira de Pena com a formação de Justino Ribeiro a perder diante do Vilar de Perdizes (0-1).   Os pupilos de Pedro Adão, conquistaram a segunda vitória consecutiva no campeonato, e demonstraram que querem alcançar lugares mais superiores na prova. Já o Ribeira de Pena somou a sétima derrota na competição depois de uma serie de resultados positivos.

O vizinho Cerva foi mais feliz e venceu na receção ao Fontelas (1-0). Num jogo bem disputado, com o guarda redes visitante a defender uma grande penalidade. O defesa Coelho acabou por ser o homem do jogo, já que foi o autor do único golo do encontro. Com esta vitória o Cerva encurta distância na luta pelo terceiro lugar.

Por último, frisar o excelente triunfo da formação do Noura que na receção ao Valpaços venceu (2-1). Uma partida onde a juventude da equipa orientada por Zé Ribeiro realizou uma exibição competente e conseguiu surpreender o adversário.

A equipa

A formação que teve um desempenho significativo nesta jornada foi efectivamente a turma do Noura, que com a vitória sobre o Valpaços em casa somou o terceiro triunfo. Vamos ver se esta vitória frente a um adversário de valor, vai dar novo alento à equipa de Murça

O momento

Aqui, neste aspecto destacamos o encontro entre o Régua e o Mondinense. A partida terminou com a turma de Mondim de Basto reduzida a somente nove elementos e o golo da equipa duriense só foi alcançado no tempo de compensação. Mesmo, reduzida a nove elementos o Mondinense conseguiu ultrapassar assim um adversário difícil na luta pelo titulo.

A figura

O atleta que mais se evidenciou nesta jornada foi Badará (Montalegre), já que conseguiu a proeza de marcar três dos seis golos com que o Montalegre venceu o Sabroso. O avançado da turma barrosã ultrapassou Tiago Alves (Valpaços), na lista dos melhores marcadores da Divisão de Honra, e assumiu novamente a liderança dos goleadores.

Luís Miguel Roçadas

 

 

 

 

Deixar comentário

Comentário

3 Comentários

Comments are closed.