Divisão Honra AFVR: Análise à jornada

0
188

Div HonraMontalegre aproxima-se do líder

Na análise à 24ª jornada da Divisão de Honra, foram concretizados 37 golos, sendo que a equipa que mais contribuiu para isso foi efectivamente o Vila Pouca, dado ter obtido a maior goleada desta ronda.

Os comandados de Armando Maravilhas, com uma exibição personalizada e de grande nível impuseram uma derrota pesada ao Fontelas (10-0). Este resultado possibilitou aos aguiarenses subirem ao sexto lugar da tabela classificativa.

Já a formação do Régua consentiu um empate em casa frente ao Cerva. O jogo terminou com uma igualdade (2-2). Contudo, os durienses chegaram em desvantagem ao intervalo tendo apenas conseguido o golo da igualdade ao minuto 85, por intermédio de João Nuno, que voltou a ser novamente decisivo.

Noutro seguimento, o Montalegre nesta jornada conseguiu reduzir a distância pontual para o líder da prova, dado que venceu em casa o Ribeira de Pena por um expressivo (4-2), com o avançado Badará a fazer um “poker”. Todavia, a equipa de Justino Ribeiro até entrou a vencer no encontro, mas na etapa complementar o Montalegre demonstrou uma eficácia tremenda.

Por sua vez, o Mondinense cedeu pontos na recepção ao Vilar de Perdizes, o jogo terminou empatado (2-2).   Os comandados de Pedro Adão que se deslocaram a Mondim de Basto com o intuito de “roubar” pontos ao líder, estiveram inclusive por duas vezes em vantagem no marcador, mas acabaram por permitir já ao “cair do pano” o golo da igualdade da turma da casa, num período onde a formação barrosã já se encontrava a jogar com menos um elemento. Com este resultado, o Mondinense apenas tem mais um ponto que o Montalegre quando faltam disputar duas jornadas para o final da prova.

O Sabroso na recepção ao Mesão Frio somou o segundo empate no campeonato. O resultado final foi uma igualdade (1-1) no placard. A partida foi muito equilibrada de princípio ao fim.

Quem surpreendeu nesta jornada, foi de facto o Abambres que obteve uma vitória “gorda” sobre a turma do Valpaços. Os vila-realenses evidenciaram uma enorme eficácia e ganharam (5-3), e somaram a sua 11ª vitória na prova. A turma de Jorge Almeida entrou a todo o gás, chegando rapidamente a uma vantagem de três golos, que depois deu para gerir de certa forma o encontro. Quanto ao Valpaços deixou o quarto lugar na geral classificativa em risco.

Por último, salientar a boa vitória do Atei que triunfou diante do Noura (2-1). A formação de Hélder Carvalho já vencia em tempo de intervalo, conseguindo depois carimbar a conquista dos três pontos na etapa complementar, perante um adversário que está próximo na tabela classificativa.

A equipa

O Vila Pouca foi de facto a formação que esteve mais em foco nesta ronda. A goleada “pesada” que colocou ao Fontelas (10-0), permitiu aos aguiarenses alcançarem o sexto lugar do campeonato. Foi um jogo onde os atletas de Armando Maravilhas estiveram de pontaria afinada.

O momento

Nesta premissa destacamos o encontro entre o Mondinense e o Vilar de Perdizes. Foi um jogo muito intenso, com o líder da Divisão de Honra a estar em desvantagem por duas vezes. Contudo, foi já perto do final da partida que o “veterano” Zé Henrique “salvou” o Mondinense da derrota e manteve a equipa na primeira posição do campeonato.

A figura

Badará foi o homem da jornada ao marcar quatro golos na vitória do Montalegre diante do Ribeira de Pena. Com este “poker” o avançado da turma do barroso deu um passo de gigante par a conquista do Troféu dos Melhores Marcadores e, manteve ainda acesa a “esperança” do Montalegre chegar ao título.

Luís Miguel Roçadas

Deixar comentário

Comentário