No rescaldo à 5ª jornada da Divisão de Honra, o destaque vai para a mudança de líder na competição. Com o empate do Vila Real no reduto do Chaves B, o Vilar de Perdizes aproveitou para assumir o comando da prova.

Num jogo decidido através de uma bola parada, os “Guerreiros da Raia”conseguiram conquistar os três pontos na visita ao Vila Pouca de Aguiar. Para já são quatro vitórias em quatro jornadas. Uma sequência de resultados muito interessante para os pupilos de Vítor Gamito.

Quanto ao Vila Real apresentou-se no terreno do Chaves B, forte e determinado a vencer o jogo. Porém, encontrou pela frente um adversário que também tem argumentos válidos para conquistar o titulo distrital. Foi uma partida intensa, com períodos de bom futebol e onde ambos os conjuntos procuraram ganhar. Em relação ao Atei, tem sido uma agradável surpresa na presente edição da Divisão de Honra. Uma equipa organizada, corajosa e com atletas de bom nível. Depois, de estar a perder por duas vez em Ribeira de Pena, o Atei recuperou da desvantagem e ainda foi a tempo de ganhar o jogo.

No desafio entre o Abambres e o Vidago a divisão pontual é aceitável dado o equilibrado que ambas as colectividades apresentaram ao longo da partida. Seria mais justo para o esforço dos atletas que houvesse golos. Contudo, os guarda-redes e os sectores defensivos quer do Abambres quer também do Vidago estiveram seguros.

Já o Régua “massacrou” o Cerva com uma penosa goleada. Foi uma tarde onde a equipa duriense fez muito provavelmente a sua melhor exibição durante a temporada. Quanto ao Cerva foi um jogo que correu mal e onde a equipa não se encontrou. Todavia, acreditamos que em jornadas futuras o Cerva se vai recompor deste desaire.

O Valpaços venceu pela primeira vez na competição e frente a um oponente difícil como é o Murça. A turma da casa estudou bem o seu adversário e soube feri-lo nos momentos certos do jogo. O Murça por sua vez tem denotado algumas dificuldades em pontuar fora de portas.

Por fim, salientamos a vitória caseira do Santa Marta diante do Salto. Foi um triunfo pela margem mínima, mas acreditamos que tenha sido saboroso. Aqui, no Desportivo Transmontano já havíamos avançado que este ano o Salto era uma equipa a ter em conta na competição, e isso verificou-se em Santa Marta. Depois, de um começo de jogo algo tímido o Salto procurou jogar de igual para igual com o seu adversário. O Santa Marta é uma equipa de bons talentos que podem resolver o jogo a qualquer momento e foi isso que se verificou.

A equipa |

 Nomeamos o Vilar de Perdizes como equipa da jornada porque é o novo líder do campeonato. Em quatro jornada disputadas a equipa de Vitor Gamito só sabe vencer. Quando todos esperavam que o campeonato seria decidido entre Chaves B e Vila Real, o Vilar de Perdizes este ano pode ter uma palavra a dizer na luta pelo titulo.

O momento |

Neste espaço vamos destacar o atleta João Rabiço (Valpaços). O centro-campista, de 20 anos, esteve em evidencia ao marcar dois dos três golos na vitória do Valpaços frente ao Murça. O curioso é João Rabiço ser filho do treinador do Valpaços. Numa equipa com laços familiares, Rabiço (o pai), apostou no filho e colheu os frutos.

O jogador |

Juninho (Régua) foi o jogador da 5ª jornada do campeonato. O médio da formação duriense esteve em grande plano na goleada diante do Cerva ao contribuir com dois golos, bem como a ser um dos “motores” da sua equipa. Aos 25 anos, o atleta brasileiro pode ser um dos destaques da presente edição da Divisão de Honra.

Deixar comentário

Comentário