Divisão de Honra AFVR: Rescaldo à 3ª Jornada

0
189

Divisão Honra Rescaldo da jornada

Cinco equipas no comando da prova

Na conclusão da 3ª jornada da Divisão de Honra foram convertidos 18 golos, sendo que o Santa Marta foi a equipa que mais contribuiu para se atingir este número. Mencionar que quatro equipas venceram no seu reduto, e somente dois emblemas ganharam fora de portas. Realce também para o primeiro empate da prova que ocorreu na receção do Murça ao Vila Pouca.

A turma do Abambres a jogar no Complexo Desportivo do Monte da Forca somou a primeira derrota na prova, ao perder diante do Cerva por 2-1. Um encontro onde o aproveitamento ofensivo da equipa do Cerva foi notório, obtendo a sua segunda vitória na competição.

O Santa Marta de Justino Ribeiro, com uma exibição personalizada alcançou o primeiro triunfo na presente época desportiva, ao vencer por um resultado expressivo (5-0) o Salto, que continua a evidenciar dificuldades em obter os seus primeiros pontos na prova.

Num dos encontros cabeça de cartaz, o Montalegre obteve um triunfo difícil e tangencial fora de portas frente ao Atei (2-1). A maior experiência dos atletas de José Manuel Viage foi um dos pontos fulcrais para a obtenção da vitória.

No duelo entre o Valpaços e o Vidago, a vitória sorriu à equipa de Nené Batista que no seu primeiro jogo do campeonato, demonstrou ter mais sucesso no aspeto da finalização. O Vidago continua sem pontuar, estando por isso posicionado nos últimos lugares da tabela classificativa.

Por seu intermédio, o Vilar de Perdizes alcançou um excelente resultado na receção ao Régua, ao vencer por 1-0. Este triunfo faz com que a turma orientada por Calina se junte aos primeiros classificados da competição. Porém, a equipa do Régua continua sem pontuar fora do seu estádio, situação que o técnico João Valente juntamente com os seus atletas terá de rever.

Na partida que opôs o Murça ao Vila Pouca, o jogo terminou como começou. Ou seja, com uma igualdade a zero bolas. Este foi inclusive o primeiro empate verificado da presente época desportiva da Divisão de Honra. O Murça voltou a ter um bom desempenho perante um candidato à subida de divisão. Noutro sentido, o Vila Pouca ainda procura somar a sua primeira vitória fora de portas situação que até ao momento ainda não se verificou.

Por último, focar a conquista da segunda vitória do Ribeira de Pena no seu estádio. Desta feita, os pupilos de Alexandre Barroso venceram de forma clara e expressiva o Fontelas, que continua sem pontuar. Um começo de campeonato difícil para a turma duriense que certamente vai querer melhorar a sua situação na tabela classificativa.

A equipa

A equipa que maior destaque teve nesta ronda foi claramente o Santa Marta. Não só porque obteve a sua primeira vitória na prova, mas também por ter conquistado a maior goleada da Divisão de Honra até ao momento.

O momento

Neste aspeto focamos o primeiro empate obtido na prova. Somente à 3ª jornada foi possível visualizar uma igualdade na competição. O jogo entre o Murça e o Vila Pouca terminou com um empate (0-0), o que demonstra o equilíbrio ocorrido na partida.

A figura

O experiente avançado Armando Lopes (Santa Marta), foi a figura da jornada. Os dois golos apontados pelo atacante no jogo diante do Salto permitem-lhe subir ao topo da lista dos melhores marcadores da Divisão de Honra. Aos 38 anos, Armando Lopes continua a evidenciar uma “veia” goleador notável.

 

 

Deixar comentário

Comentário