O Pedras Salgadas voltou aos triunfos no Campeonato de Portugal, ao derrotar o Mondinense por 1-0, em partida da 12.ª jornada, disputada no Estádio Municipal de Mondim de Basto.

Um golo de Miguel Teixeira, aos 36 minutos, garantiu o regresso às vitórias da formação termal, depois de dois empates, Mirandela (fora) e Bragança (casa), o que faz com que a turma de Ricardo Silva ocupe a terceira posição da tabela classificativa, com os mesmos pontos (24) do segundo classificado, o Vilaverdense.

O jogo não foi fácil para a turma termal, que teve dificuldades em mostrar a superioridade que era previsível sobre a formação da casa. A postura imposta em campo pelos pupilos de António Almeida, em nunca dar um lance como perdido, aliada a uma partida menos produtiva e vistosa do habitual da turma de Ricardo Silva, acabou por fazer acreditar uma equipa (Mondinense) na conquista de um resultado positivo e obrigar a outra (Pedras Salgadas) a trabalho extra, mormente na parte final da partida, onde o sector defensivo foi obrigado a intervir com maior frequência do que é habitual.

O Mondinense foi a primeira equipa  a criar perigo, aos 15 minutos, na sequência de um pontapé de canto, cabeceamento com “selo” de golo por parte de um homem da casa, com o defesa visitante Mota praticamente sobre a linha de golo, a evitar o tento inaugural.

Respondem com êxito aos 36 minutos os visitantes por Miguel Teixeira ao concluir de forma exemplar uma transição ofensiva da turma termal.

Os homens comandados por Ricardo Silva embalaram com o golo e aos 41 minutos, estiveram muito perto de voltar a marcar, com Miguel Lima isolado, mas a permitir a interceção de um defensor da casa.

Os primeiros minutos do segundo tempo passaram-se mais no meio-campo do Pedras Salgadas, com o Mondinense, através de um futebol mais direto à procura de chegar ao empate. Contudo, seria a turma termal, aos 52 minutos a estar novamente perto do golo, e de novo por Miguel Lima, que já na pequena área não consegue encostar para dentro da baliza de Murta, depois de um excelente cruzamento de Rafa.

Com o apito final a se aproximar, e com a necessidade em pontuar, a ansiedade do Mondinense foi aumentando, visível nas tentativas de remate de André, Rooney e Nuno Arada, enquanto o Pedras Salgadas procurava explorar o espaço na defesa contrária, em saídas rápidas para o ataque.

A vitória acabou por sorrir ao Pedras Salgadas, num jogo onde o resultado foi melhor que a exibição.

Foto: José Machado

 

FICHA DO JOGO

Estádio Municipal de Mondim de Basto
Árbitro: João Sousa (AF Bragança)
Auxiliares: Hugo Santo e Ivo Melo

Mondinense: Murta, Filipe Sousa (Bruno, 74), Tuca, Raul, Embaló, Nuno Arada, Rooney, André, Padi (Diogo, 63), Rui Jorge (Alex, 86) e João Miguel
Treinador: António Almeida

Pedras Salgadas: Cajó, Rafa, André Silva, Carlos, Mota (Dani, 85), Pedro Silva, Zé Lopes, Edson, Tiago André, Miguel Lima (Bruno Silva, 66) e Miguel Teixeira (Fábio Carvalho, 84)
Treinador: Ricardo Silva

Ao intervalo: 0-1
Golos: 0-1, Miguel Teixeira (36)
Cartão amarelo a André Silva (11), André (54), Tiago André (73), Enbalo (80), Fábio Carvalho (90+1) e Bruno Silva (90+4).

Deixar comentário

Comentário