O Juventude de Pedras Salgadas perdeu, na deslocação a Arcos de Valdevez, com o Atl. Arcos (2-1), num jogo com duas partes distintas e a contar para a jornada 24, da Série A do Campeonato de Portugal.

A equipa de Ricardo Silva entrou forte e decidida, com um futebol apoiado e vistoso acabou por chegar com naturalidade ao golo inaugural (16 minutos), por Miguel Lima na recarga a um livre “batido” por João Nogueira.

A turma termal dominou praticamente toda a primeira parte, parecendo que ia caminhar para uma vitória fácil, tal a forma como ia construindo as oportunidades de golo.

Aos 22 minutos Miguel Lima volta a “faturar”, mas o árbitro da partida entende que o dianteiro visitante estava em situação irregular.

Contra a corrente do jogo e quando nada o fazia prever, Ivan ( 33 minutos), acabou por ser feliz, num cruzamento- remate, que surpreendeu Cajó, restabelecendo a igualdade no marcador. No entanto, fica o registo de quarenta e cinco minutos de bom nível da turma termal.

Na segunda parte, a equipa de Ricardo Silva começou a perder clarividência no seu jogo e a permitir uma reacção da equipa da casa, que acabaria por concretizar a reviravolta no marcador, num golo oportuno de André Martins (77 minutos).

No próximo jogo o Pedras Salgadas recebe o Mirandela, no Estádio da Portelinha,  partida da 25.ª jornada do Campeonato de Portugal, a realizar-se dia 18 de Março.

 

FICHA DE JOGO

Estádio Municipal da Coutada, em Arcos de Valdevez
Árbitro: Pedro Ferreira (AF Braga)
Assistentes: Fernando Pereira e Nuno Freitas

Atl. Arcos: Cesteiro, Ângelo, Hélder Feijó, Nelson Amorim, Nelson Ventura, Zé Nando, Paulo Jorge (André Martins, 58), Bonera, Ivan, Campos (Licas, 91) e Flávio (Hugo Reis, 74).

Treinador: Fernando Rêgo

 

Pedras Salgadas: Cajo, Rafa, Dani Mendes, Carlos Freitas, Mota, André Silva, Pedro Silva, Edson (Miguel Teixeira, 76), João Nogueira, Miguel Lima e Fábio Carvalho.
Treinador: Ricardo Silva

Ao intervalo: 1-1
Golos: 0-1 Miguel Lima (16); 1-1 Ivan (33); 2-1 André Martins (77)

Cartão amarelo a Hélder Feijó (15), Ângelo (53), Carlos Freitas (70`) e Campos (87).

Deixar comentário

Comentário