CP (Série A): Montalegre goleia Argozelo

Quarta vitória consecutiva da equipa barrosã

Entrou bem no jogo o Minas de Argozelo, na tentativa de surpreender o adversário, a fechar bem os corredores e a sair rápido na frente. O Montalegre começa a tomar conta das rédeas do jogo a partir dos dez minutos.

Aos dezassete, canto bem apontado por Iuri Gomes, um dos melhores em campo, e Baba cabeceia para o fundo das malhas, falhou a marcação ao Senegalês e o Montalegre abriu o marcador.

Iuri Gomes estava endiabrado e, de livre, obriga Zé Luís a grande intervenção. Antes do intervalo o mesmo Iuri passa por dois adversários e obriga o guarda-redes do Minas a defesa apertada para canto. Ao intervalo 1-0.

No início da etapa complementar o jogo fica decidido com dois golos de grande penalidade apontados por Baba. A primeira grande penalidade a punir falta sobre Baba, a segunda sobre Iuri Gomes com o guarda-redes forasteiro. Lances polémicos dentro da área do Argozelo, o treinador da equipa forasteira queixou-se do trabalho do trio de Braga.

A perder por 3-0, boa atitude do Minas de Argozelo, nunca desistiu e Samuel reduz com um pontapé forte e colocado. O conjunto Bragançano adianta muito as suas linhas e o contra-ataque do Montalegre mostra-se letal. Prince (que tinha entrado a substituir Iuri) engorda o score com um remate colocado. Depois é Gabi que faz um passe de letra, oferece o golo a Baba mas o africano atira ao lado.

A fechar o encontro, grande jogada de Bruno Lourenço a assistir Tavares que faz o 5-1, num disparo forte e colocado. Foi o melhor golo da tarde!

Excelente exibição do Montalegre, a equipa de José Manuel Viage está muito sólida defensiva e ofensivamente.

O Minas de Argozelo é uma equipa com qualidade e muito voluntariosa, mas isto não chega para conseguir a manutenção nos nacionais do futebol português.

O treinador do Montalegre, José Manuel Viage, diz que tem “23 atletas prontos a jogar a qualquer momento, fizemos um bom jogo, respeitamos o adversário, sabíamos que o Argozelo tem feito bons jogos”…

Já o treinador do Minas de Argozelo, António Forneiro, considera que o Montalegre venceu de forma justa, mas  por números exagerados. Deixou ainda críticas à arbitragem: “Uma equipa que faz 4 horas de viagem e, chega aqui, e é humilhada, mesmo andando em último, acho que merecemos o respeito de toda a gente, não esteve bem a arbitragem. Vamos fazer uma exposição, estou indignado!”.

O melhor em campo foi Baba, o jogador do Montalegre faz um hat-trick e esteve muito perto do poker.

FICHA DE JOGO

Estádio Dr. Diogo Vaz Pereira, em Montalegre

Arbitro: Bruno Costa (A.F. Braga)

Assistentes: Bruno Ferreira e Eduardo Miranda

 

Montalegre: Tiago Guedes, Michel , Bruno Morais, Zack, Tavares , João Fernandes (Khali 74), Bruno Lourenço , Iuri Gomes (Prince 64), Tiago Oliveira, Paulo Roberto© (Gabi 29) e Baba.

Treinador: José Manuel Viage

 

Minas de Argozelo: Zé Luís, Ivo, Nuno, Kiko, Mateus, China (Vítor Porra 80), Alex Júnior, Ruizinho (Samuel 46), Alex Campelo, Licha© (Alessandro 69) e Nelson Roma.

Treinador: António Forneiro

Ao intervalo: 1-0

Golos : Baba (17,49 e 52) , Samuel (59), Prince (71) e Tavares (90+2)

Cartão amarelo a Zé Luís (51)e Bruno Lourenço (56).

 

,