CP: Dérbi Transmontano entre Mirandês e Pedras Salgadas termina com um nulo

O dérbi transmontano, entre o GD Mirandês e o J. Pedras Salgadas, terminou hoje com um nulo, em jogo da 1.ª jornada da Série A do Campeonato de Portugal, que marcou a estreia da equipa de Miranda do Douro na prova nacional, 18 anos depois da última passagem pela extinta 3ª Divisão.

O GD Mirandês a jogar em casa e empolgado pelo grande apoio dos seus adeptos, que ocorreram ao Estádio de Santa Luzia em grande numero, conseguiu superiorizar-se no primeiro tempo. Contudo, as varias oportunidades criadas, acabaram por não serem  concretizadas, devido à exibição de grande nível de Pedro Freitas, “homem do jogo”, que travou com o avançado da casa, Amadi um duelo interessante.

Na segunda parte a turma termal conseguiu de certa forma equilibrar a partida e depois da equipa da casa ficar reduzida a dez unidades por expulsão de Vítor Andrade (85`) dispôs na parte final da partida várias ocasiões para marcar, porém o nulo inicial arrastou-se até ao apito final do árbitro.

Ficha de jogo

Jogo no Estádio Municipal da santa Luzia, em Miranda do Douro

Árbitro: Carlos Pizarro (AF Braga)

Assistentes: Jorge Abreu e Fernando Alves

GD Mirandês: Armando, Alberto, Michel, Mané, Fernando, Zé Campos, Bé, Romário, Henrique (Diogo, 91`), Musa (Matchu, 80`) e Amadi (Vítor Andrade, 70`).

Treinador: Luís Preto

 

Pedras Salgadas: Pedro Freitas, Carreira, Lamine, Carlos Mendes, Carlos Rocha, Pedro Silva (Ricardo, 88`), Luís Neves, Edson (Rui Jorge, 78`), Miguel Teixeira (Rui Luís, 59`), Miguel Lima e Lenno.

Treinador: Ricardo Silva

Ação disciplinar: cartão amarelo a Zé Campos (22`), Romario (65`), Luís Neves (66`) e Carlos Mendes (85`). Cartão vermelho (direto): Vítor Andrade 85`)

 

,