CNS-Série B: Vila Real 1-2 Oliveirense

4
292

vilarealVila Real soma terceira derrota consecutiva

A formação do SC Vila Real averbou a sua terceira derrota consecutiva no Campeonato Nacional de Seniores, inclusive a turma liderada por Abel Ferreira é a única que ainda não somou qualquer ponto na serie B. Contudo, as estatísticas também não são muito favoráveis para os vila-realenses, 3 jogos, 3 derrotas, 3 expulsões, 2 golos marcados e já 7 sofridos. Porém no encontro de hoje, o Vila Real foi efectivamente prejudicado com alguns erros de arbitragem, nomeadamente ao minuto 17, quando o juiz do encontro assinalou uma grande penalidade a favor da Oliveirense, quando no mesmo lance é o guarda-redes da casa que sofre falta.

Um inicio de jogo muito bom por parte do Vila Real, que desde cedo demonstrou argumentos para lutar pelos três pontos com Orlando e Bukia a dinamizarem o ataque dos alvinegros. Todavia, ao minuto 17, o guarda-redes Miguel Assunção segura o esférico com as duas mãos, e é atingido com um choque de Ivan, avançado da Oliveirense que tentava chegar a bola. Situação que o arbitro do encontro entendeu de outra perspectiva, decidindo marcar penalty e advertir Miguel Assunção com um cartão amarelo. Erro crasso de Humberto Teixeira. Na transformação do castigo máximo, Paulo Rola coloca a sua equipa em vantagem no marcador.

A partir desta altura, os transmontanos procuraram chegar com perigo junto à grande área adversaria, mas sentiam algumas dificuldades em ultrapassar o ultimo reduto contrario. Ao minuto 32, Fred Coelho, agride um adversário no rosto, enquanto disputava a bola. O juiz do encontro deu-lhe a respectiva ordem de expulsão ficando os vila-realenses a jogar com menos uma unidade. Na etapa complementar, o Vila Real entrou efectivamente com outro ímpeto ofensivo, e com naturalidade/justiça vai chegar ao golo da igualdade ao minuto 69 por Patrick que finalizou de cabeça um excelente  cruzamento de Bukia. Empolgados com o empate no jogo, os transmontanos arriscaram mais na partida, desprotegendo um pouco o sector defensivo, e numa rápida jogada de contra-ataque a Oliveirense, fez o 1-2, por intermédio de Rodrigues.

Em suma, um jogo onde o empate se justificava por aquilo que ambas as formações realizaram, mas como diz o provérbio “no aproveitar está o ganho”, e foi isso que a Oliveirense fez.

Arbitragem fraca de Humberto Teixeira e seus auxiliares .

 

Declarações dos Treinadores:

Abel Ferreira: “Fizemos de tudo com menos uma unidade em campo para ganhar o jogo, mas não conseguimos. O arbitro prejudicou-nos no penalty, mas reconheço que o Fred Coelho é bem expulso. Parabéns aos meus jogadores pela entrega que tiveram na partida, e no próximo Domingo vamos fazer de tudo para alcançar a primeira vitória no campeonato”.

Paulo Vida: “Vencemos este jogo mais por demérito do Vila Real do que por melhor desempenho nosso. Acho que no penalty, o guarda-redes do Vila Real devia ter sido expulso. Mas estamos satisfeitos com a vitória, mesmo sem conseguirmos realizar uma boa partida. Vamos tentar melhorar com o decorrer da competição e subir na tabela classificativa”

 Luís Miguel Roçadas

 

Jogo no Complexo Desportivo do Monte da Forca

Árbitro: Humberto Teixeira (AF Porto)

Auxiliares: Manuel Soares e Vasco Sousa

Vila Real: Miguel Assunção, Carreira, Fred Coelho, Inácio, Zé Diogo, Castanha, Francis (Telmo 45′), Orlando, Bukia, Patrick ( Hélio 75′), e Miguel ( Aquini 35′).

Treinador: Abel Ferreira

Oliveirense: Leonardo, Edu, Manuel Pedro, Beack, Ibrah (Filipe Barros 75′), Ivan (Rodrigues 62′), Cerdeira, Mendy, Marcos Areias (Jorginho 91′), Paulo Rola, e Miguel Vaz.

Treinador: Paulo Vida

Cartões Amarelos:  Miguel Assunção (17′), Ivan (24′), Beack ( 52′), Patrick (55′), Andrey (57′ ( guarda-redes suplente do Vila Real)), Mendy (65′), Rodrigues (82′), Castanha (84′)

Cartão Vermelho: Fred Coelho (17′)

Marcadores: Paulo Rola ( g.p 17′), Patrick (69′) e Rodrigues (88′)

 

Deixar comentário

Comentário

4 Comentários

  1. caro reguense é pena que pense assim. se o régua estivesse no lugar do vila real aconteceria exactamente o mesmo, é so perguntar aos adeptos do pedras e eles dirão que são frequentemente prejudicados. esta é a sina dos clubes do interior…
    quanto ao vila real foi prejudicado nos 4 jogos(taça incluida) que fez.
    mas provavelmente no jogo como o varzim perderia na mesma pois o varzim tem um plantel com muita qualidade. agora nos outros dois que perdeu talvez a coisa fosse diferente…

  2. Estes quando perdem a culpa é sempre da arbitragem……é o contrário dos distritais quando as equipas adversárias entram em campo e o adversário é o SC Vila Real…..já só falta saber por quantos vão perder…….

  3. De facto de irregular não tem nada. Seria irregular se fosse a primeira vez ou se fosse um caso esporádico mas infelizmente não é. Arbitragem NORMALÍSSIMA para o SCVR. Os jogadores já entram em campo de tal forma condicionados que sabem que mais cedo ou mais tarde (contra o Ribeirão foi aos 99 min) aqueles meninos do apito vão fazer o campo inclinar para o lado da equipa do litoral. A AFVR não sei o que acha disto – se calhar até lhes convém que o Bila ande nos regionais… Aconselho a equipa técnica passar a treinar 10 contra 14 porque este é o filme que está mais do que demonstrado e já começa a ter barbas.

  4. Chamar a isto arbitragem irregular é um insulto as gentes de Vila Real. Lamentável!!!

Comments are closed.