CNS – Vila Real 1-2 Amarante

8
261

DSC_0348

A equipa do Vila Real, não teve a despedida esperada da primeira fase do campeonato. A equipa de Nuno Pereira saiu derrotada do derby frente ao Amarante.

A equipa do Amarante, marcou cedo, de livre por intermédio de Miguelito. O empate surgiu por intermédio de Felipe Martins, mas os forasteiros, ainda antes do intervalo vão voltar a marcar. André Azevedo com espaço, voltou a colocar os amarantinos em vantagem.

No segundo tempo, o jogo manteve-se vivo, mas não houve mais golos. O campeonato irá parar 3 semanas, voltando no próximo dia 15 de Fevereiro.

Deixar comentário

Comentário

8 Comentários

  1. INFELIZMENTE O MEU BILA MAIS UMA VEZ FOI ROUBADO, sim roubado , eu vi ontem ninguém me contou, foi uma arbitragem vergonhosa, manipulada, enfim….
    FORÇA BILA

  2. Quem foi o responsável hoje?

    Respondam aqui a sequência da conversa 😉

    Sabes qual o clube?

    Devias saber…ninguém disse que o chaves era exemplo…o objetivo era mesmo perceberem que não há nivel competitivo para ter jogadores a evoluírem ao nível do CNS!!

    Quanto às dívidas nem discussão pode haver, quem não tem dinheiro não tem vício! Não posso ter carro ando de corgo ou a pé!!

    Quem foi o coordenador de futebol dos clubes do concelho?! Ladainha? Abel? Se é que tinham coordenador…”se não sabes para onde queres ir, como hás de saber o caminho!?”

    Não importa quem escreve, devia importar refletir sobre estes pontos básicos…mas não consegues responder a nenhum deles…

  3. o desportivo transmontano podia fazer uma referencia ao singelo reconhecimento feito ontem ao carreira…

  4. perguntem ao andre azevedo e ao nene quanto recebem? e depois falem… o que eles ganham dá para pagar cinco/seis jogadores do bila!
    ou acreditam que fazem 100kms/dia por 100€???
    infelizmente para nós ontem fizeram uma boa exibição…

    pelos vistos vai haver eleições os criticos que se cheguem á frente…

    bila sempre!!!!!!!!!!!!!

  5. Está a falar de dinheiros? Eu disso não falo porque não estou no clube. Mas pelo que ouço o jogador estrangeiro é mais barato, e acredito que assim seja, porque e pelo que dizem os jogadores da terra, os subsídios estão em dia. Não será que está situação de cumprimento com as obrigações dos jogadores está a criar azia a muito boa gente? E depois vêem falar em estrangeiros? O Vila Real não é diferente da grande maioria dos clubes em Portugal. Se não querem apoiar não apoiem, mas também não inventem… e mais nas próximas eleições, que devem ser lá para Junho candidatem-se e façam mais e melhor para bem do Vila Real.

  6. Caro amigo Futebolvreal, estar a comparar uma equipa do CNS, sem dinheiro para mandar cantar um cego (o dinheiro que tiram na bilheteira chegará para pagar à polícia?), com o Porto ou Benfica da 1ª liga é como comparar a Estrada da Beira com a Beira da Estrada. Desçam por favor à terra antes que o trambolhão seja maior.

  7. O senhor do apito foi de facto o grande protagonista do jogo, com muitas decisões erradas sempre em prejuízo do Vila Real. O culminar de tanta aberração é o golo anulado ao Vila Real. Este jogo foi uma mentira. Quanto aos jogadores serem portugueses ou não…o Benfica e o Porto não deixam de ser os clubes que são e por vezes jogam com onze jogadores estrangeiros…

  8. Factos: 1) a equipa 100% portuguesa veio até Parada de Cunhos ganhar à equipa 50% portuguesa. 2) as exibições dos vilarrealenses Nené e André Azevedo foram soberbas. 3) Mais uma vez a culpa da derrota foi atribuída ao senhor do apito.

Comments are closed.