CNS (Série B): Vila Real 3-0 Santa Eulália

0
205

vr SAnta euláliaOs sócios e adeptos alvinegros encheram as bancadas do Monte da Forca no apoio a equipa no jogo frente ao CCD Santa Eulália.

Frente a um adversário direto na classificação, o Vila Real entrou algo nervoso, acusando a dificuldade do desafio. Por sua vez, o Santa Eulália através de Pipo foi a primeira equipa a criar perigo. O jovem avançado, a ganhar espaço perto da área, com o remate a sair perto do poste esquerdo de Riça.

A resposta da equipa da casa, aconteceu aos 12 minutos. Jogada no lado esquerdo da defesa, Alex a cruzar tenso, num primeiro momento a defesa consegue aliviar, mas o esférico acabou a mercê de Bukia, que num remate cruzado não deu hipótese de defesa a Ferreira, inaugurando assim o marcador.

Em vantagem, a equipa serenou. E Bukia volta a destacar-se, com o médio num contra ataque rápido a lançar Cristiano na esquerda, com o haitiano a rematar forte, obrigando Ferreira a aliviar em esforço.

Na sequência do canto, Inácio mais forte que o seu opositor ainda ganha o esférico, mas o remate acabou por sair por cima.

De bola parada, os alvinegros voltam a causar muito perigo junto do reduto defensivo forasteiro. Livre estudado, Bukia a bater forte, Inácio amorteceu ao segundo poste para Aquini, que a meia volta remata para defesa de Ferreira.

No segundo tempo, a equipa da casa entrou melhor na partida. Aquini foi travado em falta perto da área, e na marcação Rui Magalhães volta a colocar Ferreira à prova, com o guardião a responder com uma excelente defesa.

A equipa do Santa Eulália, de bola parada também ameaçou, mas o remate de Nélson saiu ao lado da baliza de Riça.

A equipa do Vila Real, em contra ataque vai chegar ao segundo golo. Bukia muito rápido, a deslumbrar Aquini, que surgindo pela direita e na diagonal baralhou as marcações na defesa adversária, e com o remate cruzado bateu Ferreira, que nada podia fazer.

Ao minuto 65, o juiz da partida, vindo de Bragança, a deslumbrar um penalti na área alvinegra, alegadamente por falta de Fred Coelho. Mas Rui Riça entre os postes, numa excelente estirada a negar o golo a Luís Neves.

Até final, a equipa do Vila Real vai ainda aumentar a margem do marcador. Jogada iniciada na defesa por Telmo, Aquini a sair bem para o ataque, contemporizando a chegada de Telmo, que num remate bem colocado finaliza com um excelente golo, fechando assim, as contas do jogo.

Ficha Técnica:

Jogo no Estádio Monte da Forca, em  Vila Real

Arbitro: João Sousa  (AF Bragança)

Auxiliares: Hugo Santos e Ivo Melo

SC Vila Real: Riça, Telmo, Fred Coelho©, Hackman, Alex (Daniel 75´), Inácio, Rui Magalhães (Orlando 90+4´), Castanha, Cristian, Aquini e Bukia (Shuster 90+2´).

Treinador: Nuno Pinto

Suplentes não utilizados: Miguel, Leandro, Anderson e Miguel Morais.

CCD Santa Eulália: Ferreira, João Leite, Basílio, Elvis, Armando, Élio, Madureira, Rúben (Nélson 46´), Marquinho, Luís Neves (Hélder 76´) e Pipo (Carlitos 20´)

Suplentes não utilizados: Lopes, Filipe Alves, Tiago, e Filipe Magalhães

Treinador:  João Coelho

 

Ao intervalo: 1-0.

Golos: 1-0 Bukia (12´); 2-0 Aquini (59´); Telmo (88´)

Ação disciplinar: Cartões Amarelos a Alex(14´); Rúben (23´); Fred Coelho (50´); Marquinho (61´); João Leite (76´)

Deixar comentário

Comentário