CNS-Série A: Pedras Salgadas 0-1 Mirandela

0
187

A sorte protegeu os menos audazes 

No encontro da 15ª jornada do Campeonato Nacional de Seniores, o Pedras Salgadas perdeu por uma bola a zero diante do Mirandela. O golo do triunfo visitante foi alcançado aos 30 minutos por intermédio de Rafael Silveira que de cabeça correspondeu da melhor forma a um cruzamento bem executado do lado esquerdo do seu ataque. Contudo, em desvantagem no marcador o Pedras Salgadas foi sempre a equipa mais ofensiva, bem como aquela que mais situações de finalização dispôs, inclusive Tiago Mourão num grande remate vai proporcionar a Pedro Fernandes uma defesa heróica antes do intervalo.

Na etapa complementar, o Mirandela preocupou-se apenas em defender a vantagem trazida da primeira parte, encontrando pela frente um Pedras Salgadas dominador, que teve várias oportunidades para chegar a igualdade, mas os avançados aguiarenses não estiveram de pontaria afinada.

Em suma, um grande jogo de futebol onde o resultado final penalizada a equipa da Vila Termal pelas oportunidades flagrantes de golo que desperdiçou. Já o Mirandela com esta vitória conseguiu dar um passo importante rumo ao play-off de promoção, e garantir a manutenção no CNS nesta primeira fase do campeonato.

Quanto ao arbitro do encontro Pedro Maia (AF Porto), realizou uma arbitragem irregular, já que na segunda parte do jogo ficou uma grande penalidade por assinalar a favor dos aguiarenses quando o central Vítor Pereira do Mirandela jogou o esférico com a mão dentro da grande área.

 

Complexo Desportivo Vila Pouca de Aguiar
Árbitro: Pedro Maia (Porto)
Pedras Salgadas: Nuno Dias, Queirós, Ramalho, Lamine, Dani, Malan, Tiago Mourão (Baba, 60′), Yousuf (Fall, 65′), Latyr, Hugo Silva e Gomis
Treinador:Carlos Guerra

Mirandela: Pedro Fernandes, Filipe, Andreas Madrid, Vitor Pereira, Ludovico, Toni, Rodolfo Simões (Yero, 76′), Mohamed, Wellington, Diaby (Pedro Silva, 86′) e Rafael Silveira
Treinador: Rui Amorim

Marcador: Rafael Silveira (30′)
Amarelos: Malan (80′), Queirós (90+3′)

Deixar comentário

Comentário