Bolas paradas decidem

Um grande jogo de futebol, que foi decidido no aproveitamento das bolas paradas. Neste capítulo, o Mirandela demonstrou ter mais eficácia do que o Pedras Salgadas e obteve a sua primeira vitória no CNS.

Os primeiros quarenta e cinco minutos começaram por ser mais favoráveis ao Pedras Salgadas que procurou dar sempre profundidade ao seu jogo ofensivo, tentando alvejar a baliza de Pedro Fernandes. Porém, a partir dos quinze minutos o Mirandela acentuou mais o seu jogo, e começou a efectuar desequilíbrios pelos corredores laterais aproveitando algumas debilidades defensivas da turma termal. Inclusive, por duas ocasiões Álvaro Branco salvou a sua equipa sobre a linha de baliza. Todavia, foi num lance de bola parada (42’) que o Pedras Salgadas abriu o activo. Livre do lado esquerdo de Mota, e finalização ao segundo poste de Márcio.

No reatamento do encontro, o Mirandela apresentou um ímpeto ofensivo forte que veio a possibilitar a “cambalhota” no marcador. Baba (50’), na recarga de um livre e Paulo Roberto (62’) de grande penalidade foram os artilheiros de serviço. Apesar da desvantagem no marcador os aguiarenses nunca baixaram os braços e foram em busca da igualdade. Mas em três situações de golo iminente, o guarda-redes Pedro Fernandes demonstrou segurança, levando a melhor sobre os atacantes do Pedras Salgadas.

Em suma, uma partida com incerteza no marcador , o resultado mais justo seria o empate, com ambas as equipas a demonstrarem argumentos para lutar pelos lugares cimeiros do campeonato.

 

 Jogo no Estádio  S. Sebastião, em Mirandela

Arbitro: Renato Gonçalves (AF Guarda)
Mirandela: Pedro Fernandes, Filipe, Ricardo Chaves, Lamine, Danilo, João Fernandes, Latyr, Rui Borges, Pimenta (Iniesta 73), Paulo Roberto (Pedro Silva 85) e Loureiro (Baba 45)

Treinador: Nuno Barbos

Pedras Salgadas: Nuno Dias, Daniel Carvalho, Álvaro, Márcio, Pedro Campos, Mota, Xavi (Gomis 63), Apolinário, Bandarra (Miguel Miguel 80), Hugo e Miguel Ângelo

Treinador: Ricardo Silva

 

Marcadores: 0-1, Márcio (42), 1-1 Baba (50), 2-1 Paulo Roberto (62 g.p.)

Cartões Amarelos: Xavi (15), Pedro Campos (62), Álvaro (75), Lamine (94)

Deixar comentário

Comentário