CNS (série A): Pedras Salgadas 1-0 Santa Maria

0
136

Nuno Dias segurou a vitória

O Juventude de Pedras Salgadas regressou de novo às vitórias e consequentemente aos triunfos caseiros.

Num encontro onde ambas as equipas procuraram conquistar pontos, a eficácia esteve do lado aguiarense com Hugo Silva a ser o autor do único golo da partida. Contudo, a vitória da turma da Vila Termal não foi fácil, já que o Santa Maria desperdiçou uma grande penalidade  em período de compensação e enviou ainda  o esférico à trave da baliza de Nuno Dias.

Numa primeira parte não muito bem jogada ambas as formações sentiram dificuldades na construção de lances de ataque. Os visitantes optaram por uma postura mais pragmática, tentando jogar no erro do adversário. Por outro lado, o Pedras Salgadas teve mais domínio da posse de bola, mas apenas por uma vez obteve uma situação de golo iminente por intermédio de Youssouf que esteve a centímetros de abrir o activo.

Na etapa complementar, os comandados de Carlos Guerra estiveram mais fortes principalmente nos processos ofensivos.

O único golo do encontro surgiu ao minuto 65, por Hugo Silva, que no seguimento de um canto do lado direito conseguiu finalizar com sucesso.  Porém, em desvantagem na partida o técnico Nuno Sousa fez subir mais a sua equipa e a entrada de Lamosa no jogo, veio a dar mais profundidade ao ataque do Santa Maria. Todavia, aos 82’, o defesa Márcio viu o segundo cartão amarelo e o consequente vermelho deixando o Pedras Salgadas a jogar em inferioridade numérica. Um aspecto, efectivamente aproveitado pelos visitantes para se aproximarem com mais perigo junto da baliza adversaria. Todavia, ao minuto 86, o atleta Baba num corte infantil vai jogar o esférico com a mão dentro da grande área aguiarense, um lance onde o árbitro da partida assinalou a marca de  grande-penalidade. Na transformação do castigo máximo, Nuno Dias defendeu o remate de Hugo Veiga e segurou a vantagem do Pedras Salgadas.

Já em período de compensação, aos 94’, Lamosa envia o esférico à trave aguiarense e vai desperdiçar assim uma excelente oportunidade de obter a igualdade no marcador.

Em suma uma vitória sofrida do Pedras Salgadas, com o guarda-redes Nuno Dias a ser novamente decisivo para a conquista dos três pontos.

O Santa Maria, assistiu ainda a expulsão de dois atletas  no banco de suplentes por protestos com o juiz do encontro, no caso Raviola, aos 78′, e Tiago Torres, aos 79`.

Luís Miguel Roçadas

 

 

Jogo no Complexo Desportivo de Vila Pouca de Aguiar.

 

Arbitro: Carlos Dias (AF Porto)

 

Pedras Salgadas: Nuno Dias, Queirós, Dany (Márcio, 47`), Ramalho, Daniel Gonçalves; Francisco (Tiago Mourão, 58´), Malam, Latyr (Baba, 77`), Youssof, Gomis e Hugo Silva.

Treinador: Carlos Guerra.

 

Santa Maria: João Luís, Celso (Pepe, 77`), David, Cabreira, Henrique, Hugo Veiga, Leandro, Raviola (Lamosa, 70`), Xavier (Yossof, 60`), Venu e Goba.

Treinador: Nuno Sousa.

 

Ao intervalo: 0-0

Golos: 1-0, Hugo Silva (65`).

Ação Disciplinar: Cartão amarelo a Henrique (50`), Márcio (55`, 82`), David (80`), Baba (86`). Cartão vermelho a Raviola (81`), Márcio (82`).

Deixar comentário

Comentário