Carlos Guerra:”O empate é um resultado justo, mas a arbitragem foi má”

0
196

No final do  encontro entre Mirandela e Pedras Salgadas, o técnico da equipa da Vila Termal, falou ao Desportivo Transmontano (DT), referindo que o resultado final espelha o equilíbrio que existiu na partida.

“Foi um resultado justo. O Pedras Salgadas esteve melhor na primeira parte criamos várias oportunidades de golo, mas não as consegui-mos finalizar da melhor forma. Na segunda parte o Mirandela equilibrou a partida, mas nós mantivemos o jogo controlado”, salientou.

Contudo o treinador do Pedras Salgadas não se mostrou satisfeito com a arbitragem desenvolvida pelo o juiz do encontro Carlos Dias.

“Hoje o arbitro do encontro esteve no dia mau. São situações que acontecem. Mas efectivamente na segunda parte condicionou os meus jogadores várias vezes, praticamente impossibilitou-os de disputarem a bola com o adversário, bem como teve alguma dualidade de critérios. Mas volto a referir, foi um bom jogo de futebol, onde na minha leitura o resultado final acaba por ser justo e positivo para nós”, rematou.

Luís Miguel Roçadas

Deixar comentário

Comentário