Campo do Calvário finalmente em obras

7
387

 

Após termos noticiado que as obras no Campo do Calvário iriam arrancar a 2 de fevereiro, a intervenção sofreu um contratempo  por falência da empresa responsável pela empreitada. Agora, três semanas depois, parece que a obra vai avante.

A autarquia de Vila Real celebrou, na passada semana, um novo contrato para a consignação da obra de requalificação e arrelvamento no Campo do Calvário.

A primeira intervenção começou com a retirada da vedação em redor de todo o campo, e ainda com a remoção da tinta que pintava de alvi negro as bancadas.

Ao que o DT apurou, as obras arrancaram esta semana, já com uma nova empresa ao leme da empreitada.

Tudo indica que estão ultrapassados os impedimentos que inviabilizaram o começo na data acordada.

JCL

 

Deixar comentário

Comentário

7 Comentários

  1. para quem fala da Direcção, esta até tido muito paciência com este pseudo-treinador, só conta com os jogadores que são filhos dos amigos dele, os outros só os usa treinar. num escalão onde se podem fazer 5 substituições ele nunca usou esse possibilidade, mesmo quando ao intervalo tinha o jogo perdido…
    agora pergunto qual a motivação dos meninos andarem a treinar se sabem de antemão que não jogam? alguns vezes os titulares não treinaram a semana toda mas chegava ao dia de jogo e jogavam…
    isto é formação, há que dar a possibilidade de jogarem todos principalmente depois de praticamente consumada a descida…

    quanto aos comentários o pseudo-treinador gosta de vir para aqui atacar a Direcção…

  2. Para o José :
    Esta a dizer que a Direçao não tratou a tempo, o quê?
    Eu como sócio reclamava era se a direção colocasse uma equipas a jogar em Lordelo e a do iniciados em Sabrosa. Ja basta a equipa de juniores nao jogar cá, mas essa tem que ser assim pelos regulamentos da FPF. É bom que nao se esqueçam que a equipa de juvenis também joga em Lordelo e grande parte dessa equipa é constituida pelos campeões distritais de iniciados da epoca passada, e ainda nao ouvi ninguem dessa equipa a queixar-se. A direçao esteve muito bem ao colocar a jogar todas as equipas no mesmo campo, pois são todos “filhos da mesma mãe “. Quem acha que não se sente bem que abandone, talves fosse o remédio certo para acabar com o elitismo de alguns pais desta equipa de iniciados que nunca nada fizeram pelo clube e criticam por tudo e por nada quem todos os dias dedica horas ao clube em prejuizo da vida profissional e familiar.

  3. a culpa é da direção que nao trata das coisas atempadamente, pois com diretores desta natureza…..e com o famoso diretor que diz que o filho tem que jogar….por favor poupa me, nao tens olhos? vê se consegues ser mais competente e menos interesseiro…..

  4. quem destruiu a equipa dos iniciados foi o chamado prof. pimentel ´é assim que gosta de ser tratado , mas coitado é muito pouco pedagogico para tal nome e para ser um bom formador, é fraco e por isso destruiu uma equipa.

  5. Nao sairão mais dos que ja sairam da equipa que voce fala – iniciados A – e esses sairam por birrice do iluminado do treinador. Que equipa tao importante que nao pode jogar em Lordelo…

  6. Com o calvário em obras as equipas de formação foram “atiradas” para campos onde não se consegue praticar futebol? porque? não haveria outras soluções? em alguns casos sabemos que havia, mas a desorganização deste clube fez com que nada fosse pensado a tempo e horas e agora assistimos a crianças a chutar uma bola num lamaçal impraticável.
    Alguém faça ver a este dirigismo que assombra a prática desportiva que a birrisse e os tiques de “eu é que sei” não leva o SC Vila Real e por este andar estes dirigentes vão “empurrar” esta criançada para os outros clubes da cidade…. reflitam pf

  7. Já não era sem tempo! A ver se a equipa sénior volta a este mítico campo, de onde nunca deveria ter saído. Mas os inter€sses de alguns falaram mais alto na altura de ir para o Monte da Forca! A quem interessa o Bila jogar nos arredores da cidade, num campo que custou uma fortuna? NÃO APRENDEMOS COM O EURO2004? TRISTE DIRIGISMO PORTUGUÊS!

Comments are closed.