Cadetes do GCVR conquistam 22 recordes pessoais no XIII Torneio Cidade de Espinho

0
546

NataçãoO Ginásio Clube Vila Real marcou presença no XIII Torneio Cidade de Espinho, competição realizada nos dias 1 e 2 de Maio na Piscina Municipal de Espinho e que contou com a presença de 201 atletas em representação de 19 clubes. Da parte do GCVR competiram 17 atletas da categoria de Cadetes: Ana Leandro, Carolina Eira, Mafalda Leitão, Margarida Cabral, Maria Salvado, Leonor Marques, Rafaela Cabral, Bernardo Luz, Diogo Pinto, Diogo Santos, Filipe Calejo, Francisco Afonso, Francisco Morais, João Gonçalves, Jorge Salgueiro, José Pedro Nunes, Manuel Vilares. Os jovens nadadores do GCVR estiveram em excelente plano registando onze classificações no top-10 e um total de 22 recordes pessoais, sinal muito positivo da evolução destes atletas que começam a dar os primeiros passos na Natação de competição. Em termos colectivos, a equipa do GCVR conquistou o 13º lugar com 241 pontos.

Ao nível das classificações, a registar: Francisco Afonso (Infantil A) 4º classificado nos 100 Costas (recorde pessoal 1.23.89); Carolina Eira (Infantil B) 5ª classificada nos 200 Livres (recorde pessoal 3.23.43) e 7ª nos 100 Costas (recorde pessoal 1.45.53); Margarida Cabral (Inf A) 5ª nos 50 Livres (rec. pessoal 38.15) e 10ª nos 100 Mariposa (rec. pessoal 1.59.11); Bernardo Luz (Inf B) 7º nos 100 Mariposa (rec. pessoal 2.01.83) e 8º nos 200 Livres (rec. pessoal 3.04.67); Leonor Marques (Inf A) 8ª nos 100 Bruços (rec. pessoal 1.44.36); Ana Leandro (Inf B) 9ª nos 200 Livres (rec. pessoal 3.11.38); João Gonçalves (Inf B) 10º nos 100 Bruços (rec. pessoal 1.53.77); Rafaela Cabral (Inf B) 10ª nos 100 Bruços (2.24.44).

Mais uma vez o GCVR teve o privilégio de ser convidado para este Torneio de Cadetes que reúne algumas das melhores equipas da região Norte, o que permitiu aos nossos jovens nadadores dar um importante passo na sua progressão desportiva e para que venham a trazer mais resultados de destaque para o clube a breve prazo.

Luís Pinto

Deixar comentário

Comentário