André Lavadinho brilha na estreia ao lado de João Sousa no TCR Portugal

0
627

André Lavadinho foi uma das surpresas do fim de semana do TCR Portugal integrado no evento da European Le Mans Series, no Autódromo Internacional do Algarve. O estreante absoluto fez equipa com o campeão nacional TCR2 no SEAT León Mk2 e a dupla venceu as quatro corridas da classe.

Nome sobejamente conhecido no mundo do desporto automóvel nacional devido à sua reconhecida carreira como fotógrafo em alguns dos maiores campeonatos do mundo, André Lavadinho concretizou um sonho durante a ronda do TCR Portugal em Portimão, estreando-se oficialmente como piloto ao lado de João Sousa no SEAT León Mk2 preparado pela Garagem Veiga Competição. O fotógrafo e piloto natural de Guimarães é um entusiasta de longa data do mundo do Sim Racing (simuladores de competição), além de ter fotografado ao longo de vários anos alguns dos maiores talentos do automobilismo mundial. Essa experiência auxiliou-o na sua estreia absoluta em competição no mundo real, obtendo duas pole-positions e duas vitórias à classe depois de ter inclusive falhado os treinos livres, devido a problemas na caixa de velocidades do SEAT.

Com muito pouco tempo em pista – apenas tinha feito uma sessão de testes em Braga – mas com a valiosa ajuda e experiência do piloto de Vila Real João Sousa, campeão nacional em título da categoria TCR2, André Lavadinho entrou para a pista apenas nos treinos cronometrados e estabeleceu a pole-position da categoria, ficando a apenas 0,1s do tempo do seu cotado companheiro de equipa.

As corridas também foram surpreendentes pois tanto João Sousa como André Lavadinho tiveram de ultrapassar um problema no SEAT que levava o carro espanhol a perder potência momentaneamente, obtendo ainda assim o pleno de vitórias na classe nas quatro corridas do fim de semana.

“Confesso que entrei muito ansioso para os treinos pois nunca tinha feito a pista no real nem sabia como seria a reação do carro”, referiu André Lavadinho. “Dei quatro voltas e consegui fazer o melhor tempo do TCR2 e ficar a 0,1s do João, algo que me deixou muito surpreendido! A ajuda do João e do Team Manager Valter Cardoso foram cruciais nesta rápida adaptação. Durante as corridas, percebi que gerir os pneus não é muito difícil em Portimão pois a pista tem um piso fantástico. Não tem nada a ver com o asfalto de Braga, onde tinha feito o meu único teste há cerca de um mês. A discussão de travagens e as ultrapassagens em corrida foram incríveis! Na minha segunda corrida, antes de ter problemas no carro que me obrigaram a parar e a arrancar de novo, consegui estar muito perto dos TCR1 e ainda lutei uma ou outra vez com um ou dois pilotos dessa categoria. Fiquei muito feliz nessas voltas até que surgiram os problemas no carro, mas mesmo assim recuperei a primeira posição do TCR2. Foi uma sensação fantástica subir duas vezes ao primeiro lugar do pódio. Nunca imaginei!”, concluiu o estreante absoluto.

João Sousa também esteve ao seu melhor nível sempre que teve o SEAT León em plenas condições, num fim de semana onde a Garagem Veiga Competição teve de fazer um enorme esforço para arranjar uma caixa de velocidades suplente após o problema nos treinos livres. “Toda a equipa está de parabéns. Fizemos um excelente trabalho em conjunto e penso que o André teve uma estreia simplesmente notável. Pessoalmente, não fiquei surpreendido porque sei bem o trabalho que foi feito e como ele tem uma abordagem muito séria e profissional à preparação do carro e da corrida. Além disso, toda a experiência de simulador e os anos a observar os melhores pilotos do mundo, nas mais diversas categorias, também o ajudaram a entrar rapidamente em tempos competitivos. Ele tem condições para se tornar um excelente piloto”, afirmou o piloto de Vila Real, que obteve o melhor tempo da equipa em Portimão, com uma volta em 2m01,403s, embora o registo de André Lavadinho também seja impressionante para um rookie absoluto: 2m02,374s.

O fotógrafo convertido em piloto quis agradecer “em primeiro lugar aos patrocinadores que tornaram isto possível, a Simpson Europe, a Hybrid Sport e a SkyRoam. Depois, ao João, a toda a equipa da Garagem Veiga Competição e ao Team Manager Valter Cardoso. Todos foram muito profissionais e impecáveis comigo”.

Deixar comentário

Comentário