AFVR: SC Vila Real 7-0 Alijoense

0
405

Goleada das antigas no Monte da Forca

Foi um jogo intenso que valeu essencialmente pelos primeiros 45 minutos, onde o Vila Real se mostrou demolidor, frente a um Alijoense muito pobre, e diferente do que nos têm habituado. A equipa da casa entrou com uma dinâmica muito alta na partida. Zé Diogo muito ativo no inicio da partida a ganhar bem a linha, e a endossar Miguel que apareceu ao segundo poste, mas uma rápida intervenção de André a evitar males maiores.

A equipa adversária respondeu bem, e numa jogada individual de Pedro Silva, que ultrapassou três adversários, teve perto do golo, mas já não teve força para bater Marcelo.

Aos 11 minutos, a equipa da casa volta a estar perto do golo, Castanha a cruzar na direita, Rui a aparecer ao segundo poste, mas com pontaria a mais, a acertar no ferro da baliza.

Mas se Rui não foi feliz, Miguel não desperdiçou e marcou o primeiro golo da partida, depois de passe de Shuster, decorria o minuto 15. A equipa da casa vai ampliar a vantagem, novamente a privilegiar os flancos para atacar, Miguel a cruzar bem para a cabeça de Leandro que só teve de dizer “sim” marcando o segundo golo para os alvi-negros.

Volvidos 5 minutos, o marcador volta a funcionar, desta vez é Shuster que marca, depois de passe de Beja. A equipa do Alijoense a mostrar muitas debilidades defensivas, permitindo que o adversário entrasse muito facilmente no seu reduto. Aos 40 minutos e na sequência de um canto, Peixoto a saltar mais alto e marcar o quarto golo da partida.

Ainda antes de André Neto dar por terminado este primeiro tempo, vai surgir o quinto da partida, com Miguel a bisar na partida.

No segundo tempo, o técnico Abel Ferreira decide deixar no balneário Shuster e Miguel, dando minutos de jogo a Eduardo e Diogo. Mas a partida desceu muito de intensidade, com ambas as formações praticamente a conformar-se com o resultado no marcador.

Zé Diogo de livre, ainda ameaçou a passagem do minuto 55, mas a sua equipa só nos últimos minutos voltou a marcar.

Leandro de penalti, depois de uma mão do defesa do Alijoense, bisou também ele na partida.

E em tempo de descontos, Eduardo fechou as contas do jogo com o sétimo e último golo da partida.

Arbitragem Regular, embora com um critério muito largo.

José Carlos Leitão

 

Ficha Técnica:

Estádio: Monte da Forca – Vila Real

Árbitro: André Neto

Auxiliares: Israel Lopes e Márcio Teixeira

 

SC Vila Real: Marcelo, Beja, Fred Coelho,Peixoto, Zé Diogo, Castanha, Francis (Topinha 6′),Shuster (Eduardo 45´), Rui, Leandro e Miguel (Diogo 45´)

Técnico: Abel Ferreira

 

Alijoense: André Carvalho, Nélson, Rui Santos,Caetano (Ivo 84´), Carlinhos, Luís Carlos (César 64´), Pedro Silva, Ricardo, Bruno Ligeiro, Luís Maximino e Zé Tola (André 86´)

Técnico: Nuno Almeida

 

Marcadores: Miguel(15´ e 39´)Leandro(20´ e 86´),Shuster(25´),Peixoto(32´) Eduardo (92´)

Deixar comentário

Comentário