AFVR: Vila Real dá pontapé na Crise

7
211

Vila Real 1 – 0 Vila Pouca

Tarde de sol e óptima temperatura no Complexo do Monte da Forca, para mais uma jornada da AFVR.

A equipa da casa entrou melhor na partida, com Paulinho de bola parada, a ser o primeiro a criar perigo, logo aos 4 minutos, mas a defesa bem a aliviar.

Com um jogo muito mastigado, principalmente a meio campo, foram poucas as jogadas dignas de perigo neste primeiro tempo.

A equipa do Vila Pouca, com o bloco baixo, tentava a posse, saindo unicamente em ataque apoiado, por sua vez, a equipa da casa, sempre com os alas muito subidos, tentava incutir velocidade pelas pontas, com os cruzamentos a saírem sempre na direcção certa, mas mal aproveitados pelas unidades ofensivas.

A equipa da casa, aos 39 minutos, a ter uma oportunidade flagrante para marcar. Leandro a encher o pé, e a rematar forte, Hugo muito bem a sacudir para a frente, com o esférico a sobrar para Miguel, que mesmo pressionado pelo adversário, mostrou pontaria a mais, rematando a trave.

De livre respondeu Bouças, mas o esférico acabou por ser travado pela defesa. O empate ao intervalo, ajustava-se pelo jogo monótono, praticado pelas duas equipas.

No segundo tempo, voltou a entrar melhor a equipa da casa. Paulinho derrubado a entrada da área de rigor, e o mesmo a cobrar com mestria, mas muito bem a defesa contrária, a afastar o perigo.

Aos 53´, melhor ocasião para a equipa visitante. Moisés de livre a encher o pé, e a levar a bola a bater com estrondo na barra de Nené. Muito bem o médio, mas com pontaria a mais.

A equipa da casa responde por intermédio do recém-entrado César, mas o cruzamento do avançado a sair fraco e para as mãos de Hugo.

Rui Ralha aos 71 minutos, a lançar Keko, dando outra dinâmica a sua zona atacante, mas a equipa da casa com o decorrer dos minutos, a subir as suas linhas, e a colocar mais gente na frente, abdicando dos laterais, jogando unicamente em defesa em linha.

Embora com o jogo controlado, o golo tardava em aparecer, e só aconteceu mesmo para lá do minuto 90. Shuster a cruzar largo, com Fred Coelho já incorporado no ataque, a rematar à meia volta, batendo Hugo, que nada podia fazer para evitar o tento do adversário, no último minuto da partida.

Com este resultado, a equipa Alvinegra interrompe uma série de resultados menos positivos, beneficiando ainda, do empate do segundo classificado. Na próxima jornada, o Vila Real viaja até Sabroso, o lanterna vermelha deste campeonato.

José Carlos Leitão

 

Jogo no Monte da Forca, Vila Real

Ao intervalo: 0-0

Marcadores : Fred Coelho (93´)

 

Equipas:

Vila Real: Nené, Beja (César 56´), Fred, Tiago, Zé Diogo (Dioguinho 76´), Castanha, Rui (Bessa 66´), Shuster, Leandro, Paulinho e Miguel.
Treinador: Abel Ferreira

Vila Pouca – Hugo, Rafa (Francês 85´), Solas, Sampaio, Luisinho, Samuel, Moisés (Joel 58´), Duarte Paço, Nélson, Bouças e Marco (keko 71´).
Treinador: Rui Ralha

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Duarte Paços (24´) Bouças (26´) Paulinho (42´), Hugo (43´),Luisinho (48´) Sampaio (50´), Moisés (51´), Samuel (68´), Castanha (70´).

Árbitro: André Neto

Auxiliares: Israel Lopes e Márcio Teixeira

Deixar comentário

Comentário

7 Comentários

  1. O nosso bila não só deu um pontapé na crise como em muitos criticos e sonhadores que duvidavam da subida do nosso clube, Fred Coelho grande golo, perde uns kilinhos e para o ano a jogares na 2ªDivisão darás o salto de certeza,como tu também mais 2 ou 3 o poderão fazer, força rapaziada contra tudo e contra todos parabéns

  2. Vitória mais que justa do nosso “Bila” apesar de sofrida, a haver um vencedor seria só o SC Vila Real. O Vila Pouca tem bons valores e foi um adversário digno. Apenas de referir que os auxiliares na verdade não auxiliaram nada e complicaram a vida ao árbitro André Neto com foras de jogo mal tirados para ambas as equipas.

  3. Agora vou ter que te chamar pelo nome és mesmo burro, a semana passada não comentaste , esta.. saíste da toca aos 93 minutos. Já deixas-te de ser Dr. Falar de futebol contigo é perder tempo, não vou acrescentar nada ao meu saber . passa bem solitário.

  4. Por favor corrijam a ficha de jogo. No zerozero.pt o treinador é outro, aliás treinador adjunto principal. Será que existe treinador adjunto adjunto?

  5. AFVR acho que toda a gente que ontem foi ao Monte da Forca quer uma explicação do porque de ontem não ter ido nenhum arbitro apitar o SCVR – SCVPA.
    Andava la um jovem de azul mas a vontade dele era tanta que até cansava quem olhava para ele.
    Os GNR’s podiam ter feito um teste ao álcool só para ver se ele estava em condições.

  6. Agora percebo aquele cabedal todo do Fred Coelho, é para poder levar a equipa ás costas…
    Força Bila e voltem aos vossos níveis pois têm praticado um futebol fraquinho que se passa???
    Um abraço Bila Campeão

Comments are closed.