O Chaves “satélite” continua imparável no comando da Divisão de Honra da AFVR. A equipa orientada por Carlos Guerra venceu (2-1) na 23ª jornada o Vilar de Perdizes e somou o 19º triunfo na competição. Apesar da derrota os “Guerreiros da Raia” rubricaram uma boa exibição e procuraram dificultar ao máximo a tarefa do líder da prova. Foi uma boa partida de futebol, com as duas equipas a entregarem-se de corpo e alma ao jogo.

Quanto ao Vila Real, a turma alvi-negra passou com distinção na visita ao Campo das Baraças. O Cerva foi um adversário organizado que tentou surpreender o vice-líder. Porém, a turma de Nuno Pinto, levou a lição bem estudada e venceu por 2-0, com inteira justiça.

Por sua vez, o Ribeira de Pena surpreendeu nesta jornada. A formação de Justino Ribeiro tem realizado uma segunda volta algo irregular, mas este domingo foi vencer ao reduto do Vila Pouca. Os aguiarenses até estiveram na frente do marcador, contudo o Ribeira de Pena uniu-se e alcançou a reviravolta na partida. O avançado Barraca foi o herói do jogo ao contribui com os dois golos, que deram os três pontos à formação ribeirapenense.

Já o Fontelas depois de uma série negra de maus resultados conseguiu ir pontuar a casa do Abambres (1-1). Os durienses fizeram por merecer a obtenção deste ponto, que foi um prémio pela entrega da equipa ao jogo. Por seu turno, o Abambres, encarou o jogo com bastante optimismo, acabando por facilitar em alguns momentos da partida, o que acabou por ser fatal para a não conquista dos três pontos, que estavam perfeitamente ao seu alcance e que  isolavam a equipa de José Gomes, no quarto lugar da competição .

O Santa Marta regressou novamente às boas exibições e por conseguinte aos triunfos (4-2). Não tem sido um campeonato nada fácil para a colectividade penaguiota, mas neste jogo a vitória do Santa Marta assenta bem. Contudo, deve ser mencionada a boa primeira parte do Atei. Apesar de não ter o seu plantel na máxima forma, a turma de basto manteve-se organizada e trabalhou por um resultado positivo.

Quanto ao Régua, foi a equipa que conseguiu ter a vitória (6-0) mais expressiva nesta jornada. Os durienses dominaram de principio ao fim o desafio diante do Salto. O treinador Marco Maleiro preparou o seu melhor onze e o triunfo final é justificativo pela grande exibição do Régua. O Salto nesta segunda volta tem demonstrado algumas dificuldades em pontuar fora do seu reduto. Todavia, nesta ronda defrontou uma equipa superior que está atravessar um bom momento.

Em último lugar referir o empate (1-1) do Vidago em Valpaços, num jogo ao que tudo indica com duas partes distintas. Nos primeiros quarenta e cinco minutos os valpacenses estiveram por cima, dado uma melhor entrada no desafio. Já na etapa complementar e depois de estar em desvantagem o Vidago reagiu e obteve o golo da igualdade. A divisão pontual parece ajustada neste encontro.

A equipa |  

O Ribeira de Pena foi nomeado a equipa da jornada. Com o triunfo em Vila Pouca de Aguiar o Ribeira de Pena volta de novo a entrar na discussão pelo quarto lugar do campeonato. Os ribeirapenses estão agora a três pontos desse objectivo. Recordamos que a equipa de Justino Ribeiro ainda está presente na Taça AFVR, onde vai disputar as meias-finais contra o Abambres.

O momento |

Neste capitulo salientamos o golo do guarda-redes suplente do Atei, Pedro. Dadas algumas vicissitudes o Atei não conseguiu apresentar, em Santa Marta o habitual “onze inicial”. Numa altura em que estava em desvantagem na partida o treinador Jorge Capelas e devido a ter poucas soluções no “banco” , decidiu apostar no guarda-redes suplente Pedro e colocou-o a ponta-de-lança. Essa aposta mostrou-se acertada, visto que Pedro marcou um dos dois golos da turma de basto.

As figuras |

Barraca (Ribeira de Pena), Kostadinov (Santa Marta) e Pablo (Régua) foram destacados com os jogadores da jornada. Cada atleta marcou dois golos nesta ronda e contribui para o sucesso das suas equipas. São três bons jogadores que acrescentam qualidade ao nosso futebol distrital.

Deixar comentário

Comentário