Logo-AFVR-cores-peq

Montalegre passa “Réveillon” na liderança

A 13ª jornada da Divisão de Honra fica marcada pela ocorrência de quatro empates em sete partidas realizadas. Ou seja, houve somente três formações que venceram e por curiosidade no seu reduto. Realçar ainda que nesta ronda foram apontados apenas dezanove golos.

Num dos encontros de maior relevo da jornada, o Régua consentiu um empate em casa (3-3) diante do Vila Pouca. Os aguiarenses estiveram quase sempre em vantagem no marcador, mas o minuto 94 foi fatal, com o Régua a chegar à igualdade praticamente no último “suspiro”. Num jogo emotivo, merece ser salientado o terceiro golo do Vila Pouca que foi uma “obra de arte” de Guillaume.

Quem contínua imparável no campeonato é o Montalegre. Nesta ronda o carrasco da turma do barroso foi o Mesão Frio ao ser goleado por 6-0. A figura do jogo foi Zacharias que apontou um “poker”, marcando quatro dos seis golos da sua equipa. Com este triunfo o Montalegre conseguiu consolidar ainda mais a primeira posição do campeonato.

Já o Vidago também venceu nesta ronda, ganhando em casa ao “lanterna vermelha” Fontelas (4-0). O encontro foi praticamente dominado pelos locais com o Fontelas a evidenciar muitas lacunas para discutir o resultado. O Vidago obteve o seu quinto triunfo na prova.

Em relação à partida entre o Salto e o Ribeira de Pena, o jogo terminou como começou com um nulo no marcador final. Apesar de não ter existido qualquer golo neste encontro, ambas as formações dispuseram de boas oportunidades para fazer funcionar o placard. Contudo, os avançados mostraram-se bastante perdulários.

O mesmo resultado também se verificou no duelo entre o Cerva e o Murça. As duas equipas procuraram ganhar o jogo, mas o equilíbrio persistiu até ao último minuto. Porém, o empate acaba por ser mais positivo para o Murça que obtém um ponto num dos redutos mais difíceis de pontuar neste campeonato.

Quanto ao Abambres depois de um início de campeonato algo irregular, os comandados de Jorge Almeida aos poucos vão despertando. Desta vez, a jogar em casa o Abambres levou de vencido o Vilar de Perdizes, num jogo que fica marcado pelo grande golo de Pauleta. Este resultado negativo afasta ainda mais a turma barrosã de lutar pelo primeiro lugar da competição.

Por último, focar o empate caseiro do Santa Marta frente ao Valpaços. Foi uma partida bem disputada com a turma da capital do folar a alcançar o empate através de uma grande penalidade convertida por Lubi.

 A equipa

O Abambres foi sem dúvida a equipa da jornada. A turma de Jorge Almeida com algumas baixas no seu plantel, conseguiu mesmo assim infligir a segunda derrota na competição ao vice líder Vilar de Perdizes. Esta foi a segunda vitória consecutiva da turma abambrina, que parece querer fechar a primeira volta do campeonato em “grande” estilo.

O momento

Neste aspecto vamos dar destaque às doze vitórias que o Montalegre já conquistou no campeonato. Ou seja, a equipa liderada por José Manuel Viage nos jogos disputados até ao momento somou outras tantas vitórias, marcou 31 golos e apenas sofreu 4 golos. É obra!!!

A figura

Zacharias (Montalegre) foi claramente a figura da jornada. Ao marcar um “poker” na partida diante do Mesão Frio. O avançado com os quatro golos obtidos nesta jornada subiu ao segundo lugar da lista dos melhores marcadores da Divisão de Honra. Não é muito comum um atleta marcar quatro golos num só desafio, mas desta vez Zacharias provou que está à altura dos melhores.

 

Deixar comentário

Comentário

1 COMENTÁRIO

  1. é normal esta “recuperação” do salto nos ultimos jogos.. só nos ultimos 2 jogos foram expulsos 7 jogadores dos adversários.
    4 do mesão frio , 3 do ribeira de pena.. e depois nos jogos a seguir essas equipas iam jogar contra quem? o montalegre…

    bom ano!

Comments are closed.